Topo

Esporte


Embaixador da Argentina diz que torcidas de River e Boca não são inimigas

06/12/2018 16h35

Madri, 6 dez (EFE).- O embaixador da Argentina na Espanha, Ramón Puerta, minimizou nesta quinta-feira, em entrevista coletiva, os incidentes envolvendo torcedores de River Plate e Boca Juniors, antes do clássico pela volta da final da Taça Libertadores, que acontecerá no estádio Santiago Bernabéu.

"As torcidas são rivais, mas não inimigas", afirmou o diplomata, que convocou a imprensa para falar sobre o jogo, que acontecerá em Madri devido os incidentes violentos do dia 24 de novembro, nos arreadores do estádio Monumental de Núñez.

"Os assuntos referentes à segurança e os relatórios de órgãos técnicos que recebo, me deixam tranquilo. Madri foi bem escolhida para garantir isso", completou.

Puerta, no entanto, admitiu preocupação com a presença na Espanha de torcedores violentos dos dois clubes, inclusive, alguns que são proibidos de deixar a Argentina.

"Há uma pequena relação dos que podem criar problemas, uns impedidos de sair da Argentina, outros que não podem entrar aqui, e outros que serão, no ordenamento do jogo do Santiago Bernabéu, isolados de chance de causar problemas", disse o embaixador.

Mais Esporte