Topo

Esporte


Boca Juniors vai à CAS para ganhar pontos do 2º jogo da final da Libertadores

07/12/2018 10h36

Madri, 7 dez (EFE).- O Boca Juniors apresentaria nesta sexta-feira, junto a Corte Arbitral do Esporte (CAS), um recurso para solicitar a vitória no jogo com o River Plate, pela volta da final da Taça Libertadores, marcado inicialmente para acontecer no dia 24 de novembro.

Ontem, a Câmara de Apelações da Conmebol rejeitou a mesma solicitação do clube 'xeneize', depois que a entidade sul-americana considerou o pedido dos pontos improcedente. Se o time azul e amarelo fosse bem-sucedido, como empatou na ida em 2 a 2, no estádio La Bombonera, ficaria com o título.

A final deveria ter acontecido no dia 24 de novembro, no Monumental, contudo, torcedores do River da casa atacaram com pedras e garrafas o ônibus do Boca, ferindo, inclusive, o volante Pablo Pérez. Com isso, o jogo foi adiado para o dia seguinte e depois suspenso, sendo remarcado para o estádio Santiago Bernabéu.

De acordo com informações obtidas pela Agência Efe, o time azul e amarelo pedirá a CAS a aplicação do mesmo critério utilizado para excluir o Boca da Libertadores de 2015, também em duelo com o River, em que jogadores foram atacados no túnel de acesso ao gramado do estádio La Bombonera, no jogo de volta.

As mesmas fontes consultadas rechaçaram que haverá pedido de suspensão cautelar da partida deste domingo, em Madri, diante da impossibilidade que a Corte Arbitral do Esporte tome uma decisão antes da partida.

Mais Esporte