Topo

Esporte


Cornet e Flipkens escapam de "caça" às cabeças de chave e avançam em Hobart

09/01/2019 12h31

Redação Central, 9 jan (EFE).- A francesa Alizé Cornet e a belga Kirsten Flipkens venceram os jogos que disputaram nesta quarta-feira e se garantiram nas quartas de final do WTA International de Hobart, na Austrália, em que serão as únicas cabeças de chave sobreviventes.

Na primeira rodada, a francesa Caroline Garcia, a romena Mihaela Buzarnescu, a chinesa Shuai Zhang, a grega Maria Sakkari e a russa Anastasia Pavlyuchenkova, favoritas do número 1 a 5, nesta ordem, já tinham se despedido do torneio, ao perderem nas respectivas estreias.

Hoje, a belga Alison Van Uytvanck, oitava cabeça de chave, foi eliminada, ao perder para a eslovaca Anna Karolina Schmiedlova por 2 sets a 0, com 6-3 e 6-2. A número 77 do ranking mundial, assim, enfrentará na sequência a romena Irina-Camelia Begu, que superou a russa Anna Blinkova, com 4-6, 7-6 (2) e 6-2.

Cornet, favorita de número 6, despachou a compatriota Pauline Parmentier sem dificuldades, vencendo jogo em sets diretos, com 6-3 e 6-0. A francesa terá pela frente nas quartas a belga Greet Minnen, que bateu a polonesa Magda Linette, com 6-1, 4-6 e 7-6 (3).

Já Flipkens, sétima cabeça de chave, eliminou a eslovaca Viktoria Kuzmova, de virada, com 6-7 (3), 6-4 e 6-1, se classificando para partida com a americana Sofia Kenin, que superou a tunisiana Ons Jabeur, com 7-6 (6) e 6-3.

Já a suíça Belinda Bencic despachou a australiana Zoe Hives, única sobrevivente entre as tenistas da casa, vencendo por 2 sets a 0, com parciais de 6-2 e 6-4, o que dá vaga para encarar a ucraniana Dayana Yastremska, algoz da bielorrussa Vera Lapko, com 6-1 e 6-4. EFE

Mais Esporte