Topo

Esporte


Venda de ingressos para a Copa América começa nesta quinta-feira

10/01/2019 14h05

Rio de Janeiro, 10 jan (EFE).- A primeira fase da venda de ingressos para a próxima edição da Copa América, que acontecerá entre junho e julho deste ano, no Brasil, será aberta nesta quinta-feira, às 18h (horário de Brasília), exclusivamente por meio da internet e pelo cartão de crédito.

As informações sobre a comercialização foram feitas em entrevista coletiva concedida no Maracanã pelo diretor de operações do comitê organizador local, Thiago Januzzi, e pelo diretor de operações, Agberto Guimarães, em evento que também contou com a presença do capitão do pentacampeonato mundial, Cafu.

Os ingressos foram divididos em cinco categorias de preço, sendo a última, mais barata, só valendo para as Arenas Corinthians, em São Paulo, e Grêmio, em Porto Alegre, que contam com setores populares, sem cadeiras numeradas. O valor mais em conta nestes estádios será de R$ 60 a entrada inteira.

Os mais caros serão comprados no Maracanã, para a final da competição, que está agendada para o dia 7 de julho. O torcedor que desejar os bilhetes da categoria 1 da partida precisarão desembolsar R$ 890. Os demais sairão por, R$ 590, R$ 400 e R$ 260.

O primeiro lote terá 228 mil ingressos comercializados pelo site da Copa América, a partir de 18h. Pessoas de qualquer país podem fazer a compra, com limite de cinco entradas, utilizando cartões de créditos de todas as bandeiras. Esta etapa irá até o dia 24 de janeiro, quando acontecerá o sorteio da fase de grupos.

Até o momento, a única seleção que conhece os locais e datas de jogos é a brasileira, que será cabeça de chave do grupo A. Os comandados por Tite estrearão no dia 24 de junho, no Morumbi, farão segunda partida quatro dias depois, na Fonte Nova, e voltarão a campo no dia 22, na Arena Corinthians.

Em cumprimento da legislação, os estudantes, as pessoas com deficiência e os maiores de 60 anos terão direito a comprar ingressos pela metade do valor de tabela, mas, precisarão ir até as bilheterias para comprovar o direito ao benefício.

Agberto Guimarães afirmou na coletiva que a expectativa é de grande procura pelas entradas, mas, que esta fase inicial de vendas será de avaliação por parte do comitê organizador.

"A partir da venda deste primeiro lote, poderemos ter uma ideia de como será a procura pelos ingressos, mas, estamos muito otimistas. Temos um excelente produto, e tanto o Brasil, como a América do Sul, são apaixonados por futebol", afirmou o dirigente. EFE

Mais Esporte