Topo

Esporte


Salah marca, e Liverpool vence Brighton no sufoco pelo Inglês

2019-01-12T17:34:00

12/01/2019 17h34

(Atualiza com resultado de Chelsea e Newcastle).

Londres, 12 jan (EFE).- O Liverpool jogou para o gasto neste sábado e derrotou o Brighton por 1 a 0, fora de casa, com isso, voltou a abrir sete pontos de frente para o Manchester City na liderança do Campeonato Inglês, ao menos provisoriamente, em dia de reencontro do Chelsea com a vitória.

O grande nome da partida no Amex Stadium foi o atacante egípcio Mohamed Salah, que balançou a rede aos 5 minutos do segundo tempo, ao converter cobrança de pênalti que ele próprio sofreu, cometida pelo volante alemão Pascal Gross.

Os três brasileiros que integram o elenco dos 'Reds', Alisson, Fabinho, que atuou improvisado como zagueiro novamente, e Roberto Firmino, começaram jogando. Todos ficaram em campo por 90 minutos.

Com a vitória, o Liverpool chegou aos 57 pontos, voltando a ficar sete a frente do City, que só entrará em campo na segunda-feira, para receber o Wolverhampton. Na rodada passada, o time comandado pelo espanhol Josep Guardiola conseguiu reduzir a distância para quarto, ao vencer confronto direto por 2 a 1.

O Brighton, por sua vez, ficou estacionado na marca de 26 pontos, na 13ª posição.

Ainda neste sábado, no último jogo do dia, o Chelsea reencontrou a vitória após empatar com o Southampton pelo Inglês e perder para o Tottenham pela Copa da Liga. Com grande participação dos brasileiros, a equipe derrotou o Newcastle por 2 a 1.

O meia-atacante espanhol Pedro abriu o placar no estádio Stamford Bridge aos 9 do primeiro tempo, após receber belo lançamento executado por David Luiz. Pouco depois, aos 40, o zagueiro brasileiro perdeu no alto para o zagueiro irlandês Ciaran Clark, que igualou.

Coube ao meia Willian impedir um novo resultado ruim para os 'Blues', aos 12 minutos da etapa complementar, quando recebeu do meia belga Eden Hazard no lado esquerdo da área, cortou da marcação e acertou belo chute, sem dar chances de defesa para o goleiro eslovaco Martin Dubravka.

O Chelsea chegou, dessa forma, aos 47 pontos e está folgado na quarta colocação, a última que dá direito a vaga na Liga dos Campeões. O Newcastle, por sua vez, caiu para a 18ª e antepenúltima, com 18 pontos.

Mais cedo, na abertura da rodada, o Arsenal voltou a decepcionar, ao ser derrotado pelo West Ham, fora de casa, por 1 a 0. O gol foi anotado pelo meia irlandês Declan Rice, que recebeu passe do meia francês Samir Nasri, aos 3 minutos da etapa complementar.

Os 'Gunners', com a derrota, podem perder nesta rodada a quinta colocação, ao ficarem parados na marca de 41 pontos. A equipe pode ser ultrapassada pelo Manchester United, que vem de quatro vitórias seguidas e amanhã visitará o Tottenham.

Já os 'Hammers', do meia Felipe Anderson, que foi titular ficou todo o jogo em campo, foram aos 31 pontos e subiram, provisoriamente para o oitavo posto da competição.

O Southampton, por sua vez, saiu da zona de rebaixamento, ao derrotar o Leicester por 2 a 1, em pleno King Power Stadium, resultado que complicou a equipe anfitriã, na luta para conseguir vaga em competições continentais na próxima temporada.

O meia inglês James Ward-Prowse e o atacante irlandês Shane Long marcaram os gols dos visitantes ainda no primeiro tempo. Mesmo com um a menos desde pouco antes do intervalo, os 'Saints' só levaram um gol na etapa complementar, marcado pelo volante nigeriano Wilfried Ndidi.

O Watford subiu provisoriamente do 12º para o sétimo lugar, ao bater o Crystal Palace, fora de casa e de virada, por 2 a 1. O zagueiro norte-irlandês Craig Cathcart marcou contra e a favor do time do goleiro Gomes - que passou 90 minutos no banco, e o meia inglês Tom Cleverley definiu o placar para os visitantes.

Ainda neste sábado, o Burnley contou com muita ajuda do Fulham para vencer duelo por 2 a 1, dentro de seus domínios. O atacante alemão André Schürrle até abriu o marcador para a equipe londrina. O lateral-esquerdo inglês Joe Bryan e o zagueiro belga Denis Odoi anotaram contra suas próprias redes.

Já o Cardiff City não conseguiu ir além de empate sem gols com o lanterna da competição, Huddersfield, mesmo jogando no País de Gales. EFE

Mais Esporte