Topo

Basquete


Warriors são surpreendidos e perdem invencibilidade de 11 jogos

Stephen Curry é marcado por Jonah Bolden em Golden State Warriors x  Philadelphia 76ers  - Kyle Terada-USA TODAY Sports
Stephen Curry é marcado por Jonah Bolden em Golden State Warriors x Philadelphia 76ers Imagem: Kyle Terada-USA TODAY Sports

01/02/2019 05h21

A sequência de 11 vitórias consecutivas do Golden State Warriors chegou ao fim na noite de quinta-feira (31) graças ao jogo coletivo do Philadelphia 76ers que fez a diferença na Oracle Arena, levando a equipe ao triunfo por 113 a 104, pela temporada 2018-2019 da NBA.

O principal nome dos Sixers, que conquistam a segunda vitória seguida, foi o camaronês Joel Embiid, com um duplo-duplo de 26 pontos e 20 rebotes. Ele contou com o luxuoso auxílio de Ben Simmons, JJ Redick e Landry Shamet, que marcaran 26, 15 e 10 pontos, respectivamente.

Pelo lado dos Warriors, que prosseguem na liderança da Conferência Oeste, Stephen Curry brilhou com 41 pontos, incluindo dez da linha de três em 18 tentativas. DeMarcus Cousins, que estreou diante da sua nova torcida, fez sete pontos e seis assistências durante os 25 minutos que esteve em quadra.

O armador Derrick White confirmou sua condição de novo líder do San Antonio Spurs ao fornecer 26 pontos - sua melhor marca como profissional -, na vitória sobre o Brooklyn Nets, no AT&T Center, por 117 a 114.

Além de White, que passou a titular dos Spurs após a saída de Tony Parker para o Charlotte Hornets, o ala-pivô LaMarcus Aldridge conseguiu um duplo-duplo de 20 pontos e 13 rebotes.

Já nos Nets, D'Angelo Russell ficou perto do duplo-duplo com 25 pontos e nove assistências.

Em uma grande noite de Terrence Ross, que marcou 30 pontos, sendo 13 no último período, o Orlando Magic venceu o Indiana Pacers, no Amway Center, por 107 a 100.

Nikola Vucevic, que antes do jogo recebeu a boa notícia de ser escolhido como reserva da Conferência Leste para o Jogo das Estrelas, o primeiro de sua carreira profissional, contribuiu com um duplo-duplo de 17 pontos e dez rebotes.

Nos Pacers, o destaque foi Myles Turner, com 27 pontos e sete rebotes.