Topo

Esporte


Nos 100m, Vitória Rosa fica perto do pódio e do índice olímpico em Xangai

2019-05-18T11:08:00

18/05/2019 11h08

Xangai, 18 mai (EFE).- A brasileira Vitória Rosa ficou a apenas dois centésimos neste sábado de subir ao pódio na prova dos 100 metros rasos da etapa de Xangai da Liga Diamante, e a um de obter o índice para participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, no próximo ano.

A velocista carioca marcou o tempo de 11s16, o melhor alcançado na temporada. Logo a frente terminou a campeã olímpica da distância e dos 200 metros rasos, a jamaicana Elaine Thompson, que também apresentou o melhor desempenho pessoal em 2019, com 11s14.

A medalha de prata foi para a nigeriana Blessing Okagbare, que correu os 100 metros em 11s07, e o ouro para a jovem americana Aleia Hobbs, com 11s03. As duas atletas que subiram aos postos mais altos do pódio também marcaram o melhor tempo próprio do ano.

A vencedora, inclusive, na semana passada foi uma das integrantes da equipe dos Estados Unidos que terminou em primeiro no 4x100m do Campeonato Mundial de Revezamentos, em Yokohama, no Japão.

Vitória, que disputou a prova dos 200m nos Jogos do Rio de Janeiro - terminou na 46ª posição -, há quase três anos, ficou muito perto de se tornar a 12ª velocista a obter índice para os 100m. A melhor marca que a brasileira já alcançou na distância foi de 11s03, no ano passado, em Guadalajara, na Espanha.

Outro brasileiro que disputou a etapa de Xangai da Liga Diamante foi Márcio Teles, que terminou em sétimo nos 400m com barreiras, com o tempo de 50s90, também o melhor que alcançou nesta temporada até o momento. O índice olímpico, nesse caso, é de 48s90.

O vencedor da prova foi o catariano Abderrahman Samba, que correu em 47s27, e foi seguido pelo americano Rai Benjamin, que fez 47s80, e pelo irlandês Thomas Barr, que cravou 49s41. EFE

Mais Esporte