Topo

Esporte


Tábarez diz que passado de taças não pressiona Uruguai: "Sentimos o impulso"

2019-06-15T20:44:00

15/06/2019 20h44

Belo Horizonte, 15 jun (EFE).- O experiente técnico da seleção do Uruguai, Óscar Tabárez, descartou neste sábado que o histórico de títulos do país na Copa América seja garantia de favoritismo nesta edição, que acontece no Brasil, mas garantiu se tratar de motivação para o elenco.

"Não vejo muito sentido andar dizendo que iremos ganhar, quando ainda faltam seis jogos, mas nós não sentimos o peso das 15 taças. Sentimos o impulso das 15 taças que foram alcançadas", disse o 'Maestro', como é conhecido, em entrevista coletiva concedida no Mineirão, em Belo Horizonte.

De acordo com Tabárez, o fato de ser o maior campeão do torneio, a seleção com mais partidas disputadas, impulsiona jogadores e comissão técnica a fazer o melhor. Além disso, o treinador garantiu que, o grupo está pronto para encarar o desafio.

"Estão muito alinhados e dedicados. Eles darão tudo de si. Com essa mescla de experiência e jovens, como qualquer equipe, temos muitas expectativas. Nós queremos vencer", disse o veterano comandante.

Tabárez falou sobre as expectativas da estreia, contra os equatorianos, a quem dirigiu muitos elogios.

"Nos últimos anos, tiveram um grande progresso, desde o esforço coletivo das equipes, do biotipo dos jogadores, com bom físico, altos, velozes. Prevemos um jogo difícil, pelo que é o Equador e pela realidade do futebol sul-americano", avaliou. EFE

Mais Esporte