Topo

Esporte


Técnico da Venezuela destaca garra da equipe após expulsão de lateral

2019-06-15T20:11:00

15/06/2019 20h11

Porto Alegre, 15 jun (EFE).- O técnico da seleção venezuelana, Rafael Dudamel, se mostrou satisfeito neste sábado com o desempenho dos comandados, principalmente, pela expulsão do lateral-esquerdo Luis Mago, aos 30 minutos do segundo tempo do empate com o Peru em 0 a 0, pela primeira rodada do grupo A da Copa América.

"Gostei como lutamos por cada bola. Soubemos conduzir os minutos finais, em que tivemos um homem a menos. Jogamos com inteligência, sem nenhum ímpeto desmedido", disse o comandante da 'Vinotinto', em entrevista coletiva concedida na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, palco do jogo.

Dudamel comentou o cartão vermelho recebido por Mago e tentou minimizar a situação do comandado, embora admita que se tratou de um lance que poderia ter sido evitado, quando o lateral fez a falta no meia-atacante Andy Polo que o tirou da partida.

"Não foi fruto da ansiedade (pela estreia). O jogador não foi com má intenção", lamentou.

O treinador, que foi goleiro, exaltou o desempenho do titular da Venezuela, Wuilker Faríñez, que fez grandes defesas, especialmente, no segundo tempo e foi fundamental para assegurar o empate sem gols na Arena do Grêmio.

"É determinante, importantíssimo. Defende, controla muito bem cada momento da partida", avaliou.

Sobre o próximo compromisso da 'Vinotinto', com a seleção brasileira, marcado para esta terça-feira, na Fonte Nova, em Salvador, Dudamel não escondeu a reverência e fez muitos elogios ao adversário.

"Enfrentar o Brasil é enfrentar um dos melhores do mundo. Aproveitaremos, jogaremos e aprenderemos muito. Fisicamente, são fortíssimos. Esse Brasil, modernizado, joga um jogo admirável", afirmou o técnico.

Apesar do discurso de exaltação aos pentacampeões mundiais, Dudamel pediu que os comandados evitem se intimidar com o tradicional adversário.

"É preciso jogar com respeito, admiração, segurança e sem qualquer tipo de complexo", concluiu. EFE

Mais Esporte