Topo

Esporte


Éder Militão volta a treinar com a seleção, e Arthur trabalha entre titulares

2019-06-16T18:32:00

16/06/2019 18h32

Salvador, 16 jun (EFE).- A seleção brasileira treinou neste domingo no Barradão, em Salvador, tendo como principal atração o zagueiro Éder Militão, que trabalhou com os companheiros, um dia depois de abandonar atividade, por causa de dores no quadril.

O defensor contratado pelo Real Madrid para a próxima temporada, ainda no CT do Palmeiras, em São Paulo, onde ocorreu a sessão de ontem, se juntou ao grupo e trabalhou normalmente durante o período do treinamento que foi aberto aos jornalistas.

Outro que esteve em campo no estádio do Vitória normalmente, foi o volante Arthur, que se mostrou recuperado das dores do joelho direito que o tiraram da estreia dos pentacampeões mundiais, na vitória sobre a Bolívia por 3 a 0, obtida na última sexta-feira.

O jogador do Barcelona, inclusive, foi incluído no grupo de titulares durante o treino de bolas paradas, o que indica a possibilidade de que retome o lugar de Fernandinho, perdido por causa do problema físico que apresentou.

Como não há expectativa de mais mudanças, com relação ao duelo com os bolivianos, a seleção deverá entrar em campo contra a Venezuela, nesta terça-feira, com Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho; David Neres, Richarlison e Roberto Firmino.

A seleção, se vencer a 'Vinotinto' na Fonte Nova, em Salvador, garantirá a classificação às quartas de final da Copa América. Caso ganhe, e o jogo entre Peru e Bolívia termine empatado, de quebra, já assegura o primeiro lugar da chave. EFE

Mais Esporte