Topo

Esporte


Técnico do Equador elogia Uruguai: "Nos superaram em todos os aspectos"

2019-06-16T23:28:00

16/06/2019 23h28

Belo Horizonte, 17 jun (EFE).- Resignado após a estreia na Copa América com uma derrota para o Uruguai por 4 a 0 no Mineirão, o técnico do Equador, Hernán Darío Gómez, lamentou que sua seleção tenha sofrido um gol muito certo e tenha tido um jogador expulso ainda no primeiro tempo, mas admitiu a superioridade do adversário.

"Nenhum técnico espera por isso. É um jogo no qual, sobretudo no primeiro tempo, nos superaram em todos os aspectos, jogando com uma grande dinâmica e uma técnica ótima. Levar um gol aos cinco minutos e ter um jogador expulso aos 20 complica demais. Foi um primeiro tempo muito ruim", admitiu o treinador colombiano.

A 'Celeste' foi para o vestiário vencendo por 3 a 0, graças aos gols marcados por Lodeiro, logo aos cinco minutos, Cavani, aos 32, e Suárez, aos 43, enquanto Mina fez contra aos 34 minutos da segunda etapa e deu números finais ao duelo. Gómez revelou o que conversou com seus jogadores no intervalo para tentar evitar o resultado ainda pior.

"Eu disse que eles não teriam pena da gente e que precisávamos organizar melhor a parte tática, porque se têm a oportunidade, estes uruguaios metem dez gols. A ideia era fechar uma parcial em 0 a 0, e quase conseguimos. Acredito que estreamos contra a equipe mais forte desta Copa América", opinou.

Ao ser perguntado se mandou o time a campo com uma formação muito ofensiva, 'Bolillo' Gómez disse que a ideia era a de que o Equador propusesse o jogo.

"Não sei se era atrevido sair tão aberto, a minha intenção era pôr jogadores para jogar futebol. Mas eles (Uruguai) marcaram um gol rapidamente, nos superaram em tudo, e se vê que é uma equipe melhor que a nossa", admitiu.

"Vir às copas é muito bom, estar nas seleções é muito bom, mas é muito difícil. Isso aqui é para homens. Temos que demonstrar que somos homens e que somos capazes de mudar a imagem que deixamos hoje", completou. EFE

Mais Esporte