Topo

Esporte


Lateral da Bolívia lamenta críticas do presidente da federação do país

2019-06-20T11:52:00

20/06/2019 11h52

Belo Horizonte, 20 jun (EFE).- O lateral-direito Diego Bejarano admitiu nesta quinta-feira que as críticas do presidente da Federação Boliviana de Futebol (FBF), César Salinas, aos integrantes da seleção, mexem com o elenco.

"Óbvio que incomodam. Acho que todos os bolivianos temos que nos apoiar, temos que nos encorajar e dar força. Depois, conversaremos com o presidente", disse o jogador, no fim do treino de 'La Verde', realizado hoje na Arena Independência, em Belo Horizonte.

Depois das derrotas para Brasil por 3 a 0 e para o Peru por 3 a 1, nos dois primeiros compromissos pelo grupo A da Copa América, Salinas defendeu mudanças profundas na equipe nacional e criticou, ao menos alguns dos, convocados pelo técnico Eduardo Villegas.

"Há jogadores que não sentem a camisa que vestem. Estão pensando mais na carteira do que se identificar com a seleção", disparou o dirigente.

A Bolívia enfrentará a Venezuela, neste sábado, às 16h (de Brasília), no Mineirão. Em caso de empate, a seleção comandanda em campo por Marcelo Moreno, se despedirá do torneio. Se vencer, aguarda a definição dos melhores terceiros colocados. EFE

Mais Esporte