Topo

Esporte


Equador e Japão duelam por última vaga nas quartas da Copa América

2019-06-23T19:48:00

23/06/2019 19h48

Belo Horizonte, 23 jun (EFE).- Ainda sem vitória nesta edição da Copa América, Equador e Japão se enfrentarão nesta segunda-feira no Mineirão, em Belo Horizonte, no jogo que definirá a última seleção classifica para as quartas de final, que pode ser uma delas ou mesmo o Paraguai.

O atual vice-campeão asiático é terceiro colocado no grupo C, o único que ainda não foi encerrado, com um ponto, enquanto a 'Tricolor' ainda não pontuou. Quem vencer se classificará como um dos dois melhores terceiros, enquanto um empate beneficiaria a 'Albirroja', que neste domingo perdeu para a Colômbia por 1 a 0 em Salvador, parou nos dois pontos e deixou de depender apenas de si.

Para a seleção convidada pela Conmebol, que vem de empate com o Uruguai, ainda há uma chance remota de obter a segunda posição. Para isso, seria preciso, além de bater os equatorianos, torcer para que a 'Celeste' perca para o Chile no Maracanã, também nesta segunda, e ainda tirar uma desvantagem de oito gols no saldo.

Na busca pela que seria a segunda classificação seguida, após uma sequência de seis eliminações na fase de grupos, o Equador faz mistério quanto à escalação para o duelo em Minas Gerais. O técnico Hernán Darío Gómez não esconde o descontentamento com o nível dos seus comandados.

"Fazem dos gols na gente, um em um escanteio e o outro em um lateral inconcebível no nosso ponto de vista. Uma noite feliz, um abraço a todos e me perdoem porque prefiro não falar na forma como estou", declarou 'Bolillo' Gómez em uma "coletiva-relâmpago" depois da derrota para o Chile por 2 a 1, na última sexta.

A única certeza na formação inicial da 'Tricolor' é a ausência do zagueiro Achillier, expulso no duelo com a atual bicampeã continental. Com isso, a dupla de zaga deverá ser formada por Arboleda, do São Paulo, e Mina.

Para o Japão, que disputa a Copa América com uma equipe bastante jovem, pensando nos Jogos Olímpicos do ano que vem, em Tóquio, o empate com o Uruguai levou empolgação.

"Este empate nos brinda um crescimento, porque o Uruguai é uma equipe top do futebol. Este ponto vai se transformar em desenvolvimento e confiança para nós. O Uruguai é uma equipe muito forte, e conseguimos trabalhar de igual para igual", disse o técnico Hajime Moriyasu.

Prováveis escalações:

Equador: Domínguez; Velasco, Arboleda, Mina e Ramírez; Orejuela, Gruezo, Méndez e Romário Ibarra; Mena e Enner Valencia. Técnico: Hernán Darío Gómez.

Japão: Kawashima; Iwata, Ueda, Tomiyasu e Sugioka; Miyoshi, Shibasaki e Nakajima; Abe, Kubo e Okazaki. Técnico: Hajime Moriyasu.

Árbitro: Jesús Valenzuela (Venezuela), auxiliado pelos compatriotas Luis Murillo e Rodrigo Correa.

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte. EFE

Mais Esporte