Topo

Esporte


Scaloni pode usar 13ª formação diferente desde que assumiu a Argentina

2019-06-26T16:52:00

26/06/2019 16h52

Rio de Janeiro, 26 jun (EFE).- O técnico Lionel Scaloni pode utilizar nesta sexta-feira, no jogo da seleção argentina contra a Venezuela, pelas quartas de final da Copa América, a 13ª formação diferente em 13 partidas, desde que assumiu no lugar de Jorge Sampaoli, hoje no Santos.

Para a partida que acontecerá daqui dois dias, no Maracanã, no Rio de Janeiro, o lateral-direito Renzo Saravia é dúvida, por causa de uma lesão na região pélvica. Com isso, o jogador do Racing pode dar lugar a Germán Pezzella na equipe titular.

A mexida faria com que Foyth fosse deslocado para atuar pelo lado destro do sistema defensivo da seleção argentina.

Além disso, Scaloni pode fazer alteração no setor de meio, com a entrada de Marcos Acuña substituindo Giovani Lo Celso.

O restante da equipe teria Franco Armani no gol; Nicolás Otamendi na zaga; Nicolás Tagliafico na lateral-esquerdo; além de Rodrigo De Paul e Leandro Paredes no meio; e Lionel Messi, Lautaro Martínez e Sergio Agüero no ataque.

Nesta quarta-feira, a 'Albiceleste' treinou no centro de treinamento do Fluminense, na segunda atividade no Rio de Janeiro, depois da classificação na fase de grupos. Antes da atividade, assim como já havia acontecido em treino do Uruguai, todos os jogadores do elenco ganharam camisas personalizadas do Tricolor Carioca. EFE

Mais Esporte