Esporte

Fifa cria grupo de monitoramento de bem-estar do trabalhador para obras da Copa do Qatar

AFP PHOTO / Qatar 2022 committee
País-sede da Copa de 2022 é alvo de denúncias a respeito de condições de trabalho Imagem: AFP PHOTO / Qatar 2022 committee

Da Reuters, em Doha (Qatar)

22/04/2016 12h40

A Fifa buscou apaziguar nesta sexta-feira os temores de abusos de direitos humanos na construção dos estádios para a Copa do Mundo de 2022, no Qatar, anunciando planos para um grupo especial que irá monitorar as condições de trabalho.

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, disse que o Qatar, primeiro país-sede árabe do torneio, apoiou a iniciativa. Os esforços para garantir um maior bem-estar para os trabalhadores estão indo na direção certa, acrescentou.

Em comunicado, Infantino afirmou que o grupo de monitoramento liderado pela Fifa será independente e irá incluir representantes da sociedade civil e "acionistas relevantes da Fifa" que irão supervisionar todas as competições.

"No que diz respeito à sua composição, ela será definida nos próximos dias e queremos instaurá-la muito, muito em breve", disse ele a repórteres em Doha após visita de dois dias ao emirado do Golfo Pérsico.

"Temos que fazer com que o que falamos seja realizado e temos que ter pessoas de grande destaque", acrescentou.

Três semanas atrás, a Anistia Internacional denunciou abusos nos preparativos do Qatar para o Mundial em um relatório abrangente e com base em testemunhos de 132 trabalhadores envolvidos nas obras.

A Anistia descobriu que operários do Nepal e da Índia tiveram que pagar taxas de recrutamento e viviam em condições insalubres.

Fifa admite problemas nas obras de Qatar 2022

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo