Esporte

Murray sobrevive a tiebreak de 38 pontos para avançar à semifinal em Dubai

02/03/2017 18h32

LONDRES (Reuters) - Andy Murray salvou sete match-points em um tiebreak de 31 minutos que teve 38 pontos antes de finalmente dominar o alemão Philipp Kohlschreiber e vencer por 6-7 (4), 7-6 (18) e 6-1 para chegar à semifinal do torneio de Dubai, nesta quinta-feira.

Um dia depois que o campeão do Aberto da Austrália, Roger Federer, foi surpreendentemente derrotado na segunda rodada, o número um do mundo Murray ficou perto de seguir os passos do suíço.

Mas Murray mostrou a resistência que o levou ao topo do ranking de tênis em novembro passado e impôs uma derrota dolorosa a Kohlschreiber.

O britânico finalmente levou o tiebreak do segundo set em seu oitavo set point para empatar o jogo. A ATP disse que foi o desempate mais longo do circuito masculino desde o Aberto da Austrália de 2007.

A maratona do tiebreak deixou Kohlschreiber abalado para o terceiro set, e Murray precisou apenas de mais 30 minutos para garantir vaga na semifinal, contra o francês Lucas Pouille ou o russo Evgeny Donskoy, que eliminou Federer.

A outra semifinal será disputada entre Fernando Verdasco e Robin Haase.

(Reportagem de Pritha Sarkar)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo