Esporte

Na infância, Cristiano Ronaldo era chamado de "bebê chorão" por companheiros de equipe

28/03/2017 14h59

(Reuters) - O atacante Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, era chamado de "bebê chorão" pelos companheiros de time na infância devido aos ataques de temperamento que tinha quando a equipe perdia ou se ele não recebia a bola durante os jogos.

Ricardo Santos jogou ao lado do atacante português quatro vezes eleito o melhor jogador do mundo no time amador Andorinha, na Ilha da Madeira, onde o pai de Ronaldo trabalhava.

"Bebê chorão, sim, porque Ronaldo já amava ganhar, como ele ama hoje, e quando ele perdia e quando outras crianças não lhe passavam a bola, ele costumava chorar", disse Santos à Reuters.

O desejo de Ronaldo de vencer o levou a quatro títulos de campeonato nacional e três troféus da Liga dos Campeões durante sua carreira estelar com Manchester United e Real.

O jogador de 32 anos, que é o maior artilheiro da Liga dos Campeões, foi o capitão da seleção de Portugal que venceu a Eurocopa do ano passado na França.

(Reportagem de Aditi Prakash, em Bangalore)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo