Esporte

Vettel vence Grande Prêmio do Bahrein à frente de Hamilton

16/04/2017 15h43

MANAMA (Reuters) - Sebastian Vettel, da Ferrari, venceu o Grande Prêmio do Bahrein chegando a sete pontos de vantagem nas colocações da Formula Um neste domingo, com o rival da Mercedes Lewis Hamilton encenando um impulso tardio para terminar em segundo lugar após receber uma penalidade de tempo.

O colega finlandês de Hamilton, Valtteri Bottas, iniciou na pole position pela primeira vez em sua carreira e terminou em terceiro.

A vitória foi a segunda de Vettel na temporada, após o quatro vezes campeão mundial vencer a abertura na Austrália. Hamilton, que venceu na China na semana passada, cruzou a linha de chegada 6,6 segundos atrás.

A 44a vitória de Vettel o levou a 68 pontos, com Hamilton em segundo, com 61 pontos.

"Sim, pessoal, é disso que estou falando", celebrou o alemão que foi ajudado pelo carro de segurança após seu primeiro pitstop com a dupla da Mercedes ainda fora, enquanto ele recebia a bandeira quadriculada.

"Foi um dia realmente muito bom. Foi na última metade da volta de fora quando todos os fogos de artifício disparavam que eu estava como 'eu amo o que eu faço'", disse ele.

A corrida de Hamilton foi comprometida ainda mais por uma penalidade de cinco segundos por dirigir de maneira desnecessariamente lenta na entrada da pista dos boxes quando entrou, um movimento deliberado para criar distância com Bottas à frente na fila.

O britânico serviu a penalidade em sua segunda parada, com a frustração evidente por seu capacete balançando, antes de recarregar e levar mais de um segundo por volta fora da vantagem de Vettel antes de ficar sem tempo.

"A pista dos boxes foi realmente culpa minha... eu realmente tentei alcançar, mas havia um longo percurso pela frente", disse o britânico, que agradeceu Bottas por sua conduta cavalheiresca em deixá-lo passar duas vezes.

O chefe da equipe da Mercedes Toto Wolff afirmou que as esperanças de Bottas foram afetadas antes mesmo das luzes se apagarem na grade quando um problema com o gerador deixou o finlandês com pneus com pressões erradas.

"Dali em diante ficamos com um pé atrás", disse ele.

Bottas manteve a liderança nas voltas de abertura, com Vettel ficando à frente de Hamilton na primeira curva para segunda e depois assumindo após os pitstops.

"Hoje foi um grande esforço de equipe e me senti como se estivéssemos rápidos. Eu tentei colocar Valtteri sob pressão. Mas o pit stop mais cedo funcionou", disse Vettel.

"Lewis obviamente foi uma ameaça muito grande novamente no final ... mas o carro foi um sonho hoje."

Kimi Raikkonen da Ferrari terminou em quarto lugar com o australiano Daniel Ricciardo em quinto para a Red Bull e o brasileiro Felipe Massa em sexto lugar para a Williams no 75º aniversário do fundador da equipe, Frank Williams.

O mexicano Sergio Perez terminou em sétimo lugar para a Force India, terminando com 13 pontos consecutivos, com o francês Romain Grosjean em oitavo lugar para a Haas. O alemão Nico Hulkenberg ficou em nono lugar para a Renault, os primeiros pontos do ano, e o novato francês Esteban Ocon empatou o último ponto para a Force India.

(Por Alan Baldwin)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo