Esporte

Alonso vê Indy 500 como desafio maior que 24 Horas de Le Mans

AP Photo/Butch Dill
Imagem: AP Photo/Butch Dill

24/04/2017 10h33

Por Lewis Franck

LEEDS, Estados Unidos (Reuters) - O bicampeão mundial de Fórmula 1 Fernando Alonso vê as 500 Milhas de Indianápolis, que ele correrá no mês que vem, como um desafio maior que as 24 Horas de Le Mans, que também pretende vencer para conquistar a Tríplice Coroa do automobilismo mundial.

"A maior tarefa, definitivamente, é a Indy 500 para um piloto de Fórmula 1", disse o espanhol a repórteres durante uma visita ao circuito Barber Motorsport Park, no domingo.

"Acho que é bem diferente. É desafiador... o nível de força descendente, a sensação no carro, correr com um carro que não é simétrico nas retas, na frenagem. Acho que o tráfego é uma questão séria".

Alonso estabeleceu o objetivo de se tornar o primeiro piloto desde o falecido britânico Graham Hill a vencer na F1, na Indy 500 e em Le Mans.

O piloto da McLaren, que não irá participar do emblemático Grande Prêmio de Mônaco de F1 para disputar a Indy 500 no dia 28 pela primeira vez, tampouco tem experiência em Le Mans, mas deu a entender que isso terá que acontecer depois da F1.

O piloto de 35 anos acredita que a prova francesa, que Nico Hulkenberg, atualmente na equipe Renault F1, venceu com a Porsche em 2015, seria uma mudança mais fácil porque os carros são mais semelhantes.

"Alguns dos pilotos de F1 que vão para os carros de Le Mans não têm dificuldades em termos de adaptação", disse Alonso, cujo contrato atual com a McLaren vence no final do ano.

"As 24 Horas são um pouco diferentes, é uma corrida mais relaxada, você pode fazê-lo com mais idade", acrescentou Alonso, que é amigo do australiano Mark Webber, piloto aposentado de F1 e de Le Mans.

Alonso esteve no Alabama com o chefe da McLaren, Zak Brown, que disse que gostaria de ver uma dobradinha McLaren-Honda competindo em Indianápolis todos os anos, para se encontrar com a equipe Andretti Autosport Team, que irá lhe fornecer um carro para a Indy.

"Estou com a melhor equipe possível para este tipo de lição que preciso aprender. Também estou com o treinador (brasileiro vencedor da Indy de 2003) Gil de Ferran, o que tenho certeza que será muito, muito útil para todas essas coisas novas que preciso aprender".

A McLaren venceu em Le Mans em 1995, mas Brown disse à Reuters que "ainda são os primeiros dias" e que ainda não é possível contemplar um retorno.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo