Esporte

Jogadores e técnico do Barcelona se derretem após Messi marcar gol 500

Reuters / Susana Vera
Imagem: Reuters / Susana Vera

24/04/2017 08h28

Por Rik Sharma

MADRI (Reuters) - Lionel Messi teve uma atuação espetacular no clássico espanhol de domingo e silenciou o Santiago Bernabéu ao marcar seu gol número 500 pelo Barcelona e ajudar o time a obter uma vitória emocionante de 3 x 2 sobre o Real Madrid.

Messi fez dois gols, e seu segundo definiu um confronto vibrante no último minuto dos acréscimos, fazendo o Barça empatar com o Real em 75 pontos no topo da tabela do Campeonato Espanhol, embora os rivais tenham um jogo a mais a ser disputado.

Principal nome em uma partida magnífica, Messi foi um pesadelo para o Real Madrid, cujo capitão, Sergio Ramos, foi expulso após uma entrada afobada com os dois pés no argentino, e Casemiro teve sorte de não receber um cartão vermelho por suas várias faltas no camisa 10.

O Barcelona teve dificuldades no jogo, mas Messi liderou a equipe e foi a figura decisiva em uma disputa dramática que deixou a luta pelo título espanhol indefinida.

"(Messi) faz a diferença até quando está em casa jantando", brincou o técnico do Barcelona, Luis Enrique, depois do confronto.

"Ele é o melhor de todos os tempos, e eu já vi muitos jogos e vídeos de futebol. Agora as pessoas estão mais bem preparadas e ele faz a diferença. E este foi seu 500º gol".

"Imagine só, seu 500º gol acontecer aqui, o gol da decisão aos 47 minutos do segundo tempo no Santiago Bernabéu. É muito legal para Leo e é legal para todo mundo ligado ao Barça".

Casemiro levou um cartão amarelo por uma falta em Messi aos 12 minutos, e o maior artilheiro da história do Barcelona foi para o meio-campo com frequência para ajudar o clube a desenvolver jogadas.

"Ele nos permitiu ter a superioridade no meio-campo, queríamos que ele tivesse a bola tanto quanto possível", acrescentou Luis Enrique.

Messi foi mencionado por vários colegas de time depois que seu desempenho espetacular ajudou o Barcelona a sair com os três pontos de um jogo no qual esteve pressionado durante longos períodos.

O capitão Andrés Iniesta disse: "A grandeza de Leo não para de nos surpreender. Ele é uma honra para nós e uma bênção para o clube. Todos nós temos que ficar com ele para ter uma chance de erguer o troféu".

Marc-André ter Stegen, que fez várias defesas importantes para conter o Real no segundo tempo, também elogiou Messi.

"Ele é o jogador que faz a diferença, um jogador muito especial", disse o goleiro alemão. "O resto de nós fez um esforço enorme e juntos merecemos a vitória".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo