Esporte

Escalador nepalês de 85 anos é o segundo morto no Everest em uma semana

06/05/2017 11h51

EVEREST-ESCALADOR-MORRE:Escalador nepalês de 85 anos é o segundo morto no Everest em uma semana

KATMANDU (Reuters) - Um nepalês de 85 anos, tentando se tornar o mais velho a escalar o Monte Everest, morreu no acampamento-base neste sábado, disse um guia de caminhadas, sendo o segundo escalador a morrer em uma semana enquanto se preparava para subir a montanha mais alta do mundo.

Min Bahadur Sherchan estava a caminho da cúpula do Everest a 8.850 metros para reivindicar o recorde de escalador mais antigo, detido atualmente por Yuichiro Miura, do Japão, de 80 anos, que subiu em 2013.

"Sherchan morreu de aparente ataque cardíaco", disse Ang Tshering Sherpa, chefe da associação de montanhismo do Nepal.

O funcionário do Departamento de Turismo Dinesh Bhattarai confirmou a morte, mas não podia dar detalhes, citando má comunicação com o campo base.

O Nepal não permite escaladores com menos de 16 anos de escalar o Everest, mas não fixa uma idade limite superior.

O famoso escalador suíço Ueli Steck morreu em uma queda na região do Everest no início desta semana.

O Nepal liberou 371 montanhistas para escalar o Monte Everest durante a atual temporada que termina neste mês.

(Reportagem de Gopal Sharma)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo