Esporte

No "Dia de Totti", Roma garante vice-campeonato com gol no último minuto

28/05/2017 17h40

FUTEBOL-ITALIA:No "Dia de Totti", Roma garante vice-campeonato com gol no último minuto

Por Brian e Homewood

SÃO PAULO (Reuters) - A Roma celebrou o último jogo de Francesco Totti depois de 25 temporadas no clube ao vencer o Genoa por 3 x 2 e assegurar o vice-campeonato italiano neste domingo, depois de Pietro Pellegri, de 16 anos, conferir aos visitantes a vantagem no placar.

Aos 40 anos de idade, Totti entrou em campo aos 9 minutos da segunda etapa para a sua 786ª partida com a camisa da Roma, e a 619º no Campeonato Italiano, neste que foi apelidado o "Dia de Totti" pela mídia italiana.

Em um jogo nervoso, Diego Perotti fez o gol da vitória da Roma nos acréscimos do segundo tempo. Assim, a equipe termina o campeonato um ponto à frente do Napoli, cuja vitória por 4 x 2 sobre a Sampdoria foi em vão.

A Roma conquistou a classificação direta para a fase de grupos da próxima edição da Liga dos Campeões, enquanto o terceiro colocado Napoli terá de disputar a fase preliminar - onde as equipas italianas perderam em seis das oito temporadas anteriores.

A Roma terminou com 87 pontos, quatro atrás da Juventus, que finalizou sua campanha com uma vitória por 2 x 1 sobre o Bologna no sábado.

Totti confirmou na quinta-feira que este jogo seria seu último pela Roma, depois que o clube não lhe ofereceu um novo contrato, mas insinuou que poderia continuar sua carreira em outro lugar.

"Há pessoas que não são normais. Há carreiras que não são normais. Eu vi uma faixa dizendo que a verdadeira batalha contra o futebol moderno é usar a mesma camisa por 25 anos", disse o meia Daniele De Rossi, que está no clube desde a temporada 2001-2002.

A Roma esteve rapidamente em apuros depois que Pellegri limpou a defesa e deslocou do goleiro Wojciech Szczesny aos três minutos de partida para se tornar o primeiro jogador nascido em 2001 a marcar um gol no Campeonato Italiano.

Edin Dzeko empatou sete minutos mais tarde com o seu 29º gol na temporada, terminando como artilheiro da Serie A, e a Roma perdeu uma série de oportunidades para a virada antes do intervalo. 

O fato de haver tanta coisa em jogo para a Roma acrescentou uma pitada de drama a uma partida que já era emocionante. O treinador Luciano Spalletti, que limitou o tempo de jogo de Totti nesta temporada, colocou o talismã em campo no segundo tempo.

Totti criou duas boas chances antes que Dzeko se enfiasse por trás da defesa do Genoa e tocasse para De Rossi estufar as redes aos 29 minutos.

Mas o Genoa não havia lido o script e cinco minutos depois Diego Laxalt cruzou, Szczesny falhou e Darko Lazovic cabeceou no segundo pau para empatar.

Quando o Genoa parecia realmente estragar a festa, Diego Perotti, que veio do banco de reservas, apareceu para desempatar e garantir o clima de festa na despedida do ídolo Totti.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo