Esporte

Tiger Woods dormia ao volante antes de prisão e diz ter tido reação a remédios

30/05/2017 16h51

GENTE-WOODS-DORMIU:Tiger Woods dormia ao volante antes de prisão e diz ter tido reação a remédios

Por Zachary Fagenson

JUPITER, Estados Unidos (Reuters) - Tiger Woods dormia ao volante de um Mercedes-Benz parado em uma rua da Flórida e não sabia onde estava, informou um relatório da polícia divulgado nesta terça-feira, um dia depois de o golfista ex-número um do mundo ser preso sob a acusação de dirigir intoxicado. Woods, de 41 anos, atribuiu o incidente a remédios.

Woods falava "com a voz extremamente lenta e arrastada" depois de ser acordado por um policial de Jupiter, cidade do Estado norte-americano da Flórida, que encontrou o carro do golfista parado na pista da direita da rua, com o motor ligado e a seta direita piscando, disse o relatório.

O esportista seguia para o sul, distanciando-se de sua casa de Jupiter Island, antes de ser preso perto das 3h locais da segunda-feira, de acordo com o relatório, que ainda informou que Woods cooperou, mas que mostrou dificuldade para andar e manter os olhos abertos.

O boletim da polícia informou que, durante sua interação com o policial que o deteve, Woods "mudou sua história sobre onde estava e de onde vinha". Em certo momento ele indicou que estava voltando de um evento de golfe em Los Angeles, segundo o informe.

Atualmente afastado das competições devido à quarta cirurgia a que se submeteu nas costas em abril, Woods disse ainda na segunda-feira que uma reação inesperada a drogas legais levou à sua prisão.

Ele também foi intimado por estacionar indevidamente. Dois testes de bafômetro mostraram que o nível de álcool no sangue do atleta era zero, de acordo com o boletim, que acrescentou que ele realizou vários testes práticos de sobriedade incorretamente.

"Quero que o público saiba que não havia álcool envolvido", disse Woods em um comunicado. "O que aconteceu foi uma reação inesperada a remédios com receita. Não me dei conta de que a mistura de remédios me afetava tão fortemente".

    Woods se desculpou, dizendo: "Farei tudo ao meu alcance para que isso nunca aconteça novamente".

O golfista, que está em segundo lugar na lista dos maiores nomes do esporte com 14 grandes títulos conquistados, foi solto da prisão depois de prestar um juramento e deve comparecer a uma corte no dia 5 de julho, como mostraram registros.

Não se tratou do primeiro incidente de Woods com a polícia da Flórida. Uma batida de carro bizarra ocorrida de manhã cedo na casa que possuía em 2009 rapidamente se transformou em um escândalo sexual envolvendo alegações de casos extraconjugais com várias mulheres.

Sua vida e carreira anteriormente imaculadas viraram de cabeça para baixo, e ele perdeu o casamento e também alguns patrocínios lucrativos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo