Esporte

Tecnologia do árbitro de vídeo precisa de melhorias, diz Fifa

26/06/2017 16h24

FUT-ARBITRO-VIDEO:Tecnologia do árbitro de vídeo precisa de melhorias, diz Fifa

SÃO PETERSBURGO, Rússia (Reuters) - A tecnologia do árbitro de vídeo (AV) sendo testada na Copa das Confederações na Rússia deve se refinada, disse o diretor de arbitragem da Fifa nesta segunda-feira.

"Em geral temos resultados realmente bons, mas com certeza... muitos aspectos devem ser melhorados", disse Massimo Busacca em uma coletiva de imprensa.        

O AV emprega dois árbitros de vídeo assistentes que monitoram a ação em telas e chamam a atenção do árbitro da partida para erros.

A Fifa já disse que gostaria de usar os árbitros de vídeo assistentes na Copa do Mundo de 2018, e o Conselho da Associação Internacional de Futebol (Ifab, na sigla em inglês), responsável pelas leis do esporte, deve decidir em março que vem se irá permitir o uso do sistema de forma permanente.

Em 12 partidas da fase de grupos da Copa das Confederações, o árbitro de vídeo ajudou a corrigir seis "decisões que mudariam o jogo", disse Busacca.

Os árbitros decidiram acertadamente em 29 outros "incidentes sérios" com a ajuda da tecnologia, acrescentou.

Busacca ponderou que, usado corretamente, o sistema pode diminuir muitos erros, mas não eliminá-los completamente. A Fifa está empenhada em convencer as federações a usar o AV, observou.

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, disse neste mês que está extremamente satisfeito com seu uso na Copa das Confederações, mas o sistema causou polêmica em alguns jogos.

O árbitro de vídeo anulou um gol que pareceu legítimo durante a vitória do Chile sobre os Camarões por 2 x 0 em 18 de junho, e ele foi usado novamente no final do confronto para reverter um impedimento dado por um juiz de linha.

(Da Redação de Moscou)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo