Esporte

Paris busca regenerar subúrbios empobrecidos com Olimpíada de 2024

01/08/2017 15h53

OLIMP-PARIS-REGENERACAO-SUBURBIOS:Paris busca regenerar subúrbios empobrecidos com Olimpíada de 2024

Por Miranda Alexander-Webber

BOBIGNY, França (Reuters) - A região mais empobrecida da França deve ser a maior vencedora com a quase certa realização dos Jogos Olímpicos de 2024 em Paris, com a promessa de construção de milhares de moradias e um novo centro aquático em Seine-Saint-Denis para a Olimpíada.

O mais pobre dos 101 departamentos continentais franceses, Seine-Saint-Denis se espalha para o leste e o norte de Paris, sendo formado em grande parte por subúrbios cinzas, fábricas abandonadas e pobreza.

Paris soube na segunda-feira que está praticamente assegurada como sede dos Jogos de 2024, uma vez que sua única rival na disputa, Los Angeles, concordou em esperar mais quatro anos e realizar a Olimpíada em 2028.

E a promessa dos organizadores dos Jogos de recuperarem a região de Seine-Saint-Denis ajudou a campanha da capital francesa a conquistar o apoio do Comitê Olímpico Internacional (COI).

"Tendo em mente as divisões simbólicas e reais que às vezes ainda existem entre Paris e seus subúrbios, esse lugar jovem, de classe trabalhadora, com jovens de todas as cores e todas as origens, nos permite dizer ao COI que esses Jogos são uma ótima oportunidade para mostrar que Paris é maior que Paris", disse o governador de Seine-Saint-Denis, Stephane Troussel, à Reuters.

Tony Estanguet, copresidente da campanha de Paris, afirmou: "Nós olhamos para o sucesso dos Jogos de Londres, e com certeza, o fato de que Londres conseguiu deixar um legado forte, um legado físico no leste de Londres, foi muito importante para nós".

Nem todos os moradores têm certeza dos benefícios, no entanto. Alguns criticam o que aconteceu em Stratford, bairro do leste de Londres que foi revitalizado para os Jogos de 2012, mas onde uma alta nos preços dos alugueis forçou moradores a se mudar.

"Onde há muito investimento os proprietários também irão tirar vantagem disso, aumentando os aluguéis", disse Fode Abass Toure, de 45 anos, morador de Bobigny. "E até os restaurantes vão tentar aumentar o preço dos produtos porque muitos turistas irão visitar".

Seine-Saint-Denis tem a reputação de ser um reduto socialista, onde o Partido Comunista francês e a extrema-esquerda têm forte presença. Foi lá onde as mortes de dois jovens que estavam se escondendo da polícia em uma estação elétrica despertou protestos em 2005.

O desemprego nos principais municípios da região, Saint-Denis e Bobigny, se aproxima do dobro da média nacional, a mais de 18 por cento. Três de cada 10 de seus 1,5 milhão de moradores são imigrantes, ou filhos de imigrantes, a maioria da África.

Os Jogos de Paris --que têm um orçamento relativamente modesto para os padrões recentes de 7 bilhões de euros-- irão deixar dois legados permanentes, ambos em Seine-Saint-Denis.

A Vila Olímpica será erguida lá, e depois dos Jogos será transformada em 3.500 apartamentos, e também será erguido um centro aquático ao lado do estádio Stade de France, construído para a Copa do Mundo de 1998 e que agora será reformado para se tornar o estádio olímpico de 2024.

A maior parte das outras instalações dos Jogos já é existente na cidade, que também fará uso de seus tradicionais pontos turísticos. Pugilistas irão competir ao lado de tenistas em Roland Garros, enquanto os estádios dos times Paris Saint Germain e Stade Francais irão receber jogos de futebol e rúgbi.

As provas de rua, tanto de corrida como de ciclismo, irão ter largada e chegada na Torre Eiffel, que servirá de cenários para as provas de vôlei de praia.

Esgrima e taekwondo serão disputados no Grand Palais perto da Champs Elysees, e a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, apostou sua reputação na limpeza do rio Sena para a realização das provas de maratonas aquáticas.

A confirmação oficial está prevista para setembro, o que permitiria à cidade comemorar o centenário dos Jogos de 1924 com mais uma edição olímpica.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo