Esporte

Técnico do Valencia se machuca por exagerar em comemoração de gol

25/09/2017 11h41

O gol marcado por Simone Zaza aos 40 minutos do segundo tempo da vitória de 3 x 2 do Valencia sobre o Real Sociedad custou caro para o técnico Marcelino García Toral. O treinador, de 52 anos, pareceu sofrer uma distensão na coxa ao comemorar o gol da vitória, que colocou seu time, ainda invicto, na quarta colocação do Campeonato Espanhol.

"Estou um pouco mais velho, há certas situações nas quais preciso me controlar", brincou ele, com os repórteres.

"Estou um pouco machucado, mas prefiro estar machucado do que ter um jogador machucado. Eu me viro. Tentarei evitar situações semelhantes no futuro".

Marcelino foi chamado para comandar o Valencia em maio e começou bem depois de se tornar o décimo técnico do time desde que Unai Emery partiu em 2012.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo