Esporte

Ex-secretário da Fifa Valcke nega ter recebido "vantagens indevidas" de executivo do Catar

13/10/2017 12h28

FUT-FIFA-VALCKE-NEGA:Ex-secretário da Fifa Valcke nega ter recebido "vantagens indevidas" de executivo do Catar

PARIS (Reuters) - O ex-secretário-geral da Fifa Jérôme Valcke negou ter recebido "vantagens indevidas" de Nasser Al-Khelaifi, diretor-executivo do grupo beIN Media do Catar e presidente do time francês Paris St Germain, depois que procuradores suíços iniciaram uma investigação criminal.

Na quinta-feira o Escritório do Procurador-Geral da Suíça disse suspeitar que Valcke aceitou "vantagens indevidas" de Al-Khelaifi relacionadas à concessão de direitos de transmissão de televisão para as Copas do Mundo de 2026 e 2030. "Só quero dizer que não é verdade. Nunca fiz isso. Nunca recebi nada em troca de nada", afirmou Valcke ao diário esportivo francês L'Équipe nesta sexta-feira.

"Refuto as acusações contra mim ou Nasser. Nunca recebi nada de Nasser, posso garantir a vocês. Jamais houve nenhuma troca entre Nasser e eu. Nunca."

Valcke era o braço direito de Joseph Blatter quando este presidia a Fifa.

Também na quinta-feira a BeIN Media negou qualquer irregularidade e disse estar cooperando com as autoridades.

(Por Julien Pretot; Reportagem adicional de Joshua Franklin)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo