Topo

Copa 2018

Porta para disputar Copa do Mundo está aberta, diz Ibrahimovic

Geoff Caddick/AFP
Ibrahimovic comemora gol de empate do Manchester United contra o Bristol City Imagem: Geoff Caddick/AFP

01/03/2018 19h27

O atacante Zlatan Ibrahimovic, do Manchester United, abriu a porta para um retorno à seleção sueca na Copa do Mundo deste ano, na Rússia, caso consiga se recuperar a tempo.

"Vamos ver, essa é uma pergunta difícil. Eu quero sentir que eu posso jogar e render. Eu não quero ir só porque sou alguém. A porta não está fechada para nada", disse.

Falando a repórteres na inauguração do seu novo centro de pádel, um esporte parecido com tênis, em Estocolmo, o jogador de 36 anos acrescentou ser difícil assistir aos suecos jogarem sem ele.

"Eu sinto falta da seleção. Quando você joga na seleção por 20 anos e então você não está mais nela, e você vê os outros jogando na seleção, é difícil", disse a repórteres nesta quinta-feira.

"É difícil, no geral, quando você pensa que está lesionado e não está jogando. Eu quero jogar, com o clube, com a seleção. Ela (a seleção sueca) fez um bom trabalho", acrescentou.

Sem ele, a Suécia ficou em segundo lugar, atrás da França, no Grupo A das eliminatórias da Copa do Mundo, superando a Holanda em diferença de gols. A seleção então derrotou a Itália para alcançar o torneio.

Ibrahimovic tem lutado para conseguir se recuperar de uma séria lesão no joelho sofrida em abril de 2017 e não participou da vitória do United na final da Liga Europa sobre o Ajax em maio.

Maior artilheiro da Suécia, com 62 gols em 116 jogos, Ibra deixou a seleção após eliminação na fase de grupos da Euro 2016, mas disse que nem mesmo um telefonema é necessário para seu retorno.

"Eu não acho que alguém precisa me ligar. Se eu quiser, eu estou lá, é assim que funciona. Mas uma coisa de cada vez. Quando eu puder fazer o que eu quero, eu terei outros pensamentos", disse.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Copa 2018