Topo

Esporte

Hamilton e Vettel iniciam batalha pelo quinto título da Fórmula 1

21/03/2018 12h12

F1-HAMILTON-VETTEL-BATALHA:Hamilton e Vettel iniciam batalha pelo quinto título da Fórmula 1

Por Ian Ransom

MELBOURNE (Reuters) - O primeiro confronto do que os fãs de Fórmula 1 esperam que se torne uma batalha de uma temporada inteira começa no domingo, quando os tetracampeões mundiais Lewis Hamilton e Sebastian Vettel se enfrentarão no Grande Prêmio da Austrália, a primeira prova do campeonato.

Este ano é o primeiro em que dois tetracampeões competem na mesma temporada, e sua luta para ver quem se une ao lendário argentino Juan Manuel Fangio no segundo lugar da lista de donos de cinco títulos promete esquentar a modalidade.

Michael Schumacher encabeça a lista com seus sete títulos mundiais.

O britânico Hamilton emergiu bem à frente com a Mercedes no final de 2017, apesar de o alemão Vettel e a Ferrari terem despontado inicialmente, e sua rivalidade se apimentou desde então -- os dois bateram as rodas na pista do Azerbaijão e trocaram ameaças do lado de fora.    

São grandes as esperanças de mais duelos tensos que despertem interesse em um campeonato que se tornou uma mera procissão para a Mercedes, vencedora de piloto e construtores em cada um dos últimos quatro anos.

Muito dependerá se a nova Ferrari SF71H permitirá a aproximação de Vettel da Mercedes W09 que Hamilton cobriu de elogios durante os testes da pré-temporada.

Quanto a isso paira uma grande incógnita. Os tempos das voltas nos testes podem ser enganadores, mas existe a convicção de que a Mercedes será a equipe predominante, como sempre, na corrida de domingo no circuito de Albert Park.

"Sabemos que a Mercedes está um pouquinho adiante de todos e que dominou o esporte nos últimos quatro anos", disse o bicampeão Fernando Alonso, hoje na McLaren, à Reuters nesta quarta-feira.

"E eles são os francos favoritos de novo para começar a nova temporada".

A Mercedes está ansiosa para ver o que o modelo W09 consegue fazer na pista de Melbourne, mas o diretor técnico James Allison disse que ele irá "arrasar" com o W08, que rendeu 12 vitórias em 2017 e um quarto título consecutivo no campeonato de construtores.

Hamilton, porém, se mostrou cauteloso a respeito das perspectivas do final de semana inaugural por acreditar que a Red Bull pode ser uma ameaça tão grande à sua equipe quanto a Ferrari.

"Acho que a esta altura do ano todos estão tentando levantar a bola de outro, e somos o alvo perfeito por sermos os campeões mundiais", disse ele durante um evento com a patrocinadora Petronas em Melbourne nesta quarta-feira.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte