Topo

Esporte

Presidente da Juventus pede tecnologia do árbitro de vídeo após pênalti questionável

12/04/2018 12h10

FUT-JUVENTUS-ARBITROVIDEO-PENALTI:Presidente da Juventus pede tecnologia do árbitro de vídeo após pênalti questionável

MADRI (Reuters) - O presidente da Juventus, Andrea Agnelli, pediu que a tecnologia do árbitro de vídeo (VAR, na sigla em inglês) seja utilizada na Liga dos Campeões depois que seu time foi eliminado pelo Real Madrid na emocionante partida de volta das quartas de final por culpa de um pênalti questionável nos acréscimos.

Cristiano Ronaldo marcou a cobrança aos oito minutos dos acréscimos, depois que a arbitragem viu uma falta de Mehdi Benatia em Lucas Vázquez, dando aos bicampeões europeus uma vitória agregada de 4 x 3.

A Juventus, que havia perdido de 3 x 0 na Itália, teve uma reação empolgante, empatando com dois gols de Mario Mandzukic e outro de Blaise Matuidi, e estava a segundos de forçar a prorrogação em um estádio Bernabeu surpreso quando a penalidade foi marcada.

Em meio aos protestos revoltados da Juve, o goleiro e capitão Gianluigi Buffon recebeu um cartão vermelho por empurrar o árbitro Michael Oliver.

"Um árbitro atrás da linha do gol não é o mesmo que um árbitro diante de um replay de vídeo", disse Agnelli aos repórteres.

"Se a Uefa não está pronta, precisa treinar pessoas rapidamente, como a Serie A (Campeonato Italiano) fez, além de Alemanha, Portugal e outros lugares".

"Não se trata de um ou dois incidentes, mas de avançar em um grande torneio que traz tanto dinheiro e prestígio. Não podemos permitir que estes incidentes ocorram".

A tecnologia do árbitro de vídeo foi testada nesta temporada na liga italiana, na alemã e em algumas partidas de copas domésticas inglesas, e deve ser usada na Copa do Mundo.

(Por Richard Martin)

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte