Topo

Esporte

Comentarista de futebol russo que citou crítico de Putin deixa cobertura da Copa

20/06/2018 14h26

FUT-COPA-COMENTARISTA-RUSSO:Comentarista de futebol russo que citou crítico de Putin deixa cobertura da Copa

MOSCOU (Reuters) - Um comentarista russo de futebol disse que não vai mais comentar as partidas da Copa do Mundo para a principal emissora de TV estatal do país, quatro dias depois de quebrar um tabu ao citar o nome do principal crítico do presidente Vladimir Putin ao vivo durante uma transmissão.

Leonid Slutsky, um ex-técnico da seleção russa, disse à Reuters que está deixando seu trabalho no Mundial, sediado pela Rússia, porque está deixando o país para iniciar os treinamentos com o clube holandês Vitesse Arnhem, do qual ele é o técnico.

O Canal Um, emissora estatal que o contratou para comentar a Copa, não respondeu a telefonemas pedindo comentários.

Um representante do Canal Um disse, de acordo com a agência de notícias Interfax, que Slutsky foi contratado apenas para comentar as partidas nas quais já trabalhou e agora estava deixando as funções para treinar o Vitesse.

No domingo, quando comentava a partida entre Alemanha e México, Slutsky mencionou, de passagem, Alexei Navalny, líder da oposição que foi preso várias vezes por organizar protestos contra o governo russo.

Putin não menciona o nome de Navalny em público, e autoridades e âncoras de emissoras de TV fazem o mesmo.

Durante a partida, um outro comentarista que trabalhou com Slutsky se referiu a "pressão" e "pressão alta" usando um adjetivo raro que é idêntico ao sobrenome de Navalny.

"Navalny joga futebol?", brincou Slutsky em resposta, provocando um momento de silêncio depois do qual ele completou: "Seria interessante de ver".

Em mensagem no Twitter, Navalny citou os comentários como "aquele momento em que a censura cai e você vai parar no Canal Um. Bem, quase".

Slutsky minimizou qualquer relação entre seu comentário e sua saída da cobertura da Copa. "Que bobagem", disse ele à Reuters. "Estou deixando o país, vou treinar a equipe (de Arnhem) a partir de amanhã", declarou.

(Reportagem de Tom Balmforth e Gabrielle Tétrault-Farber)

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte