Topo

Esporte

Albaneses do Kosovo pagam multas de jogadores suíços que provocaram a Sérvia na Copa do Mundo

27/06/2018 12h35

FUT-COPA-ALBANESES-MULTA:Albaneses do Kosovo pagam multas de jogadores suíços que provocaram a Sérvia na Copa do Mundo

Por Fatos Bytyci

PRISTINA (Reuters) - Centenas de albaneses étnicos do Kosovo, incluindo um ministro de governo, arrecadaram dinheiro suficiente para pagar as multas impostas aos jogadores suíços Granit Xhaka e Xherdan Shaqiri por comemorarem sua vitória sobre a Sérvia na Copa do Mundo.

Os dois, que são albaneses étnicos do Kosovo, comemoraram imitando a águia de duas cabeças presente na bandeira albanesa. O capitão da Suíça, Stephan Lichtsteiner, se uniu a eles, e os três foram multados pela Fifa em 25.160 dólares.

Albaneses do Kosovo e de outras partes correram para angariar os fundos, arrecadando mais de 27 mil dólares.

Bajram Hasani, ministro da Indústria e do Comércio, doou seu salário de 1.357 euros via GoFundMe.

"Dei meu salário como sinal de apoio aos nossos meninos, que nos dão orgulho", disse Hasani à Reuters. "Isso é para mostrar ao mundo que cuidamos deles", afirmou, acrescentando que os suíços podem doar o dinheiro se decidirem não aceitá-lo. Os fundos ainda não foram encaminhados à seleção suíça.

A Sérvia se recusa a reconhecer a independência da ex-província do Kosovo, cujos 1,8 milhão de habitantes são majoritariamente albaneses étnicos, e se opôs às campanhas kosovares bem-sucedidas de filiação à Uefa e à Fifa, entidades responsáveis pelo futebol europeu e pela Copa do Mundo.

Quatro integrantes da seleção suíça deixaram suas casas na antiga Iugoslávia na infância quando a guerra irrompeu nos anos 1990. Cerca de três por cento da população da Suíça é albanesa étnica, e para alguns a vitória suíça sobre os sérvios simbolizou uma triunfo sobre seus ex-governantes.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte