Topo

Esporte


Milan luta e consegue virada contra o Parma em casa

02/12/2018 13h34

(Reuters) - O Milan teve um segundo tempo de recuperação e bateu o Parma por 2 x 1 no estádio San Siro, para voltar a figurar entre os quatro primeiros do Campeonato Italiano neste domingo.

O Parma surpreendeu a Inter em setembro com uma vitória por 1 x 0 em Milão e ameaçou repetir o feito assim que Roberto Inglese colocou a equipe na frente no segundo tempo, mas um gol de pênalti de Patrick Cutrone e um de Franck Kessie garantiram os três pontos para os rossoneri.

O técnico do Milan, Gennaro Gattuso, questionou a lógica de sua equipe jogar cedo no domingo, depois de atuar três dias antes pela Liga Europa, e também teve que lidar com a ausência de seis jogadores machucados e do suspenso Gonzalo Higuaín.

No entanto, seus jogadores responderam com a sétima vitória na temporada, o que coloca o time na quarta posição e à frente da Lazio com 25 pontos, ainda aguardando a equipe romana encarar no Chievo também neste domingo.

O Parma permanece em sexto lugar com 20 pontos, mas pode ser ultrapassado por Roma, Sassuolo, Atalanta e Torino ao final dos jogos do fim de semana.

O primeiro tempo foi animado: Antonino Barilla, do Parma, se viu sem marcação dentro da pequena área, mas o toque de primeira foi para fora. Em seguida, Suso, do Milan, exigiu grande defesa de Luigi Sepe, e Riccardo Gagliolo cabeceou com muito perigo quase abrindo placar para os visitantes.

O Parma silenciou os 53 mil torcedores aos cinco minutos do segundo tempo, quando Inglese subiu de cabeça na primeira trave após cobrança de escanteio, mas a vantagem durou apenas cinco minutos, antes de Cutrone aproveitar desvio em cruzamento e finalizar com um sem-pulo, igualando o placar. 

Faltando 20 minutos para o fim da partida, uma análise do VAR mostrou que o zagueiro do Parma Alessandro Bastoni, emprestado pela Inter, rival do Milan, pôs a mão na bola dentro da área e Kessie deslocou Sepe na cobrança de pênalti para selar a vitória.

Mais Esporte