Topo

Esporte


Fifa admite chance de dividir sedes da Copa de 2022 e ter 48 seleções

Dan Mullan/Getty Images
Imagem: Dan Mullan/Getty Images

2019-01-03T08:48:51

03/01/2019 08h48

DUBAI (Reuters) - A Fifa deveria, se possível, aumentar o tamanho da Copa do Mundo de 2022 no Qatar de 32 para 48 times, opinou Gianni Infantino, presidente da entidade que governa o futebol mundial.

Leia também:

No mês passado, Infantino disse que a maioria das federações nacionais concorda com a expansão do torneio e que se espera uma decisão antes do sorteio das Eliminatórias, em março deste ano.

Infantino, que se pronunciou em uma conferência de esportes nesta quarta-feira, também disse que a Fifa está estudando se seria possível alguns dos vizinhos do Qatar no Golfo Pérsico sediarem algumas das partidas.

"Se pudermos acomodar alguns dos países vizinhos na região do golfo que são muito próximos para sediar alguns jogos da Copa do Mundo, isso poderia ser muito benéfico para a região e para o mundo inteiro", afirmou.

Em dezembro ele disse que seria "difícil" realizar um Mundial ampliado somente no Qatar.

Em junho de 2017, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Barein e Egito lançaram um boicote diplomático e comercial contra o Qatar que complicou a perspectiva de um torneio compartilhado. Estes países acusam o Qatar de apoiar o terrorismo, o que Doha nega.

"Existem tensões nessa região em particular e cabe aos respectivos líderes lidarem com isso, mas talvez seja mais fácil falar sobre um projeto conjunto de futebol do que coisas mais complicadas", disse Infantino. "Se pudermos ajudar as pessoas no golfo e em todos os países do mundo a desenvolver o futebol e trazer uma mensagem positiva ao mundo sobre o futebol, então deveríamos tentar".

Em 2017, a Fifa votou a favor de se ampliar a Copa do Mundo de 32 para 48 seleções a partir de 2026, mas desde então Infantino vem estudando a possibilidade de adiantar a mudança para 2022.

"Se você acha que é uma coisa boa ter 48 times na Copa do Mundo, por que não tentar quatro anos antes? É por isso que estamos analisando se é possível ter 48 times já em 2022", disse Infantino nesta quarta-feira.

"A Copa do Mundo acontecerá no Catar com 32 times. Obviamente, se pudermos aumentá-la para 48 times e fazer o mundo feliz, deveríamos tentá-lo".

Mais Esporte