Topo

Esporte


Sarri apoia saída de Fábregas do Chelsea em meio a especulações sobre ida ao Monaco

07/01/2019 18h16

(Reuters) - O técnico do Chelsea, Maurizio Sarri, não tem certeza se o meio-campista Cesc Fábregas fez sua última partida pela equipe, mas sente que o espanhol tem de deixar o clube pelo bem de sua carreira.

Fábregas pareceu dizer adeus ao Chelsea depois da vitória por 2 x 0 no sábado sobre o Nottingham Forest pela Copa da Inglaterra em Stamford Bridge, quando ele saiu aplaudindo todos os cantos do estádio.

O contrato do jogador, de 31 anos, vence no final desta temporada e a mídia britânica afirma que o jogador está próximo de fechar uma transferência para o Monaco neste mês.

"Não sei se ele poderá jogar amanhã, porque na última partida ele teve cãibra na panturrilha, então acho que ele precisa descansar", disse Sarri a jornalistas antes da primeira partida da semifinal da Copa da Liga Inglesa entre Chelsea e Tottenham na terça.

"Ontem ele teve um dia livre por causa da lesão, mas não sei (se ele vai para o Monaco). Posso dizer somente minha opinião, não conheço a decisão do clube. Na minha opinião, ele tem de sair", disse.

Fábregas, que conquistou duas vezes o título do Campeonato Inglês desde que chegou ao Chelsea em 2014, tem tido dificuldade para participar da equipe principal sob o comando de Sarri, fazendo seis jogos no campeonato nesta temporada.

"Vocês sabem muito bem da situação e em nosso clube há uma regra, a renovação para jogadores acima de 30 anos geralmente é por uma temporada", acrescentou Sarri.

"Ele tem uma oferta por dois anos e eu não quero um jogador tão importante quanto Cesc infeliz."

(Reportagem de Hardik Vyas em Bengaluru)

Mais Esporte