Topo

Esporte


Pela segunda vez, Salah é eleito Jogador Africano do Ano

2019-01-08T20:52:24

08/01/2019 20h52

DACAR (Reuters) - O atacante egípcio Mohamed Salah foi eleito o Jogador Africano do Ano pelo segundo ano seguida na cerimônia de premiação da Confederação Africana de Futebol, em Dacar, nesta terça-feira.

Salah superou o outros nomeados Sadio Mane, seu companheiro no Liverpool, e Pierr-Emerick Aubameyang, atacante do Arsenal.

No ano passado, os mesmos três jogadores disputaram o prêmio, que é decidido numa votação entre diretores-técnicos e treinadores de 56 associações ligadas à Confederação.

"Este prêmio é enorme para mim, porque eu o via quando era mais novo e sempre sonhei ganhá-lo um dia”, disse Salah ao receber o troféu em homenagem a seus feitos de 2018.

"Estou feliz de ganhar duas vezes. Devo agradecer a minha família e a meus companheiros de time, e dedico este prêmio ao meu país, Egito."

Em 2018, Salah ajudou o Liverpool a chegar à final da Liga dos Campeões da Europa, mas acabou lesionado no ombro durante a derrota para 3 a 1 para o Real Madrid, em Kiev.

A lesão colocou em dúvida sua participação na Copa do Mundo, mas ele consegui se recuperar e representar o Egito no torneio disputado na Rússia, marcando duas vezes, embora seu país tenha sido eliminado na fase de grupos.

Na atual temporada, ele marcou 13 gols no Campeonato Inglês, contribuindo para a liderança do Liverpool na tabela.

    (Reportagem de Nick Said)

Mais Esporte