Topo

Esporte


Copa América do Brasil terá ingressos de R$30 a R$890

2019-01-10T13:49:31

10/01/2019 13h49

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O primeiro lote de ingressos para jogos da Copa América deste ano no Brasil começará a ser vendido online nesta quinta-feira com preços de 30 a 890 reais, informou o comitê organizador da competição.

A primeira leva com 228 mil bilhetes poderá ser comprada no site do torneio (www.copaamerica.com) a partir das 18h (horário de Brasília). Ingressos corporativos ainda não estarão disponíveis.

Os bilhetes vão variar de 30 reais (meia-entrada) a 890 reais, e as compras estarão limitadas a cinco ingressos por jogo e 35 bilhetes por pessoa para se tentar evitar a ação de cambistas.

Os ingresso mais baratos estarão disponíveis para as arenas do Grêmio (Porto Alegre) e do Corinthians (São Paulo), que têm posições para torcedores em pé.

Segundo o gerente da competição, Thiago Januzzi, 65 por cento dos ingressos da Copa América variam de 60 a 350 reais (30 a 175 reais, considerando a meia entrada).

O sorteio dos grupos das 12 seleções, entre elas as convidadas Japão e Catar, acontece no dia 24 de janeiro.

Os jogos serão disputadas em seis estádios: Mineirão (MG), Maracanã (RJ), Arena Grêmio (RS), Arena Corinthians (SP), Arena Fonte Nova (BA) e Morumbi (SP).

Uma das preocupações da organização está ligada à ação de cambistas, uma prática recorrente em grandes eventos esportivos e de entretenimento.

Nos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro, uma máfia internacional de ingressos foi descoberta e um alto dirigente do Comitê Olímpico Internacional (COI) chegou a ser preso pela polícia fluminense por suspeita de envolvimento.

“Tudo na vida é aprendizado. Os fatos ruins temos que tomar cuidado para que não se repitam, os órgãos públicos é que cuidam disso e iniciamos tratativas para coibir as ações desde a segurança do público e controle de fluxo", disse o diretor do comitê organizador do evento, Agberto Guimarães.

"Cambismo é um praga do nosso continente, não conseguiremos isso sozinhos e já antecipamos as conversas”, acrescentou.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

Mais Esporte