UOL Esporte Últimas Notícias
 
01/10/2009 - 13h21

Paulo Coelho promete plantar bananeira se Rio for sede da Olimpíada

Lello Lopes
Em Copenhague (Dinamarca)
AP Photo
Paulo Coelho prometeu "plantar bananeira" caso Rio seja escolhido para os Jogos-2016
FOTOS DA RETA FINAL DA CAMPANHA
EIKE EMPRESTA JATO AO RIO-2016
MEIRELLES VÊ OUTRAS PRIORIDADES
O escritor Paulo Coelho fez uma promessa inusitada nesta quinta-feira. Caso o Rio de Janeiro conquiste nesta sexta o direito de ser sede dos Jogos Olímpicos de 2016, ele pretende "plantar uma bananeira" na praia de Copacabana.

"Eu fiz uma promessa de que se estiver vivo em 2016, porque ninguém aqui nessa mesa sabe se vai estar vivo até lá, e se tivermos uma Olimpíada no Rio de Janeiro, eu plantaria uma bananeira na praia de Copacabana. Eu já fiz as contas, vou ter 70 anos na época", disse Paulo Coelho na última entrevista da delegação brasileira antes da apresentação da cidade na eleição para a sede dos Jogos.

Coelho, que chegou a Copenhague na noite de quarta-feira, participou nesta quinta de um almoço com mulheres ligadas aos membros do Comitê Olímpico Internacional (COI). Ele distribuiu livros autografados às presentes.

O escritor é uma das estrelas mais assediadas da delegação do Brasil. No hotel que a equipe usa como quartel-general, Paulo Coelho é alvo constante de pedidos de foto e autógrafos. Até mesmo o mestre de cerimônias do Brasil, o inglês Mike Lee, cometeu uma indiscrição. "Duas semanas atrás eu falei para minha mulher que viria para cá e que me encontraria com o presidente Lula, o Pelé e o Paulo Coelho. Ela falou: "você vai ver o Paulo Coelho?" E me deu um livro para autografar", disse.

Com o moral em alta, Coelho mostrou que está afinado com o discurso do comitê da candidatura. "A ideia é transformar não só o corpo, mas também a mente. É o momento de mostrar ao mundo que somos capazes não só de sonhar, mas também de realizar. Essa é a ideia da alquimia", afirmou.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host