UOL Esporte Últimas Notícias
 
06/11/2009 - 19h48

Toronto ganha eleição e é a sede dos Jogos Pan-Americanos de 2015

Das agências internacionais
Em Guadalajara (México)
A cidade canadense de Toronto ganhou nesta sexta-feira como sede dos Jogos Pan-Americanos de 2015 ao receber a maioria dos votos na eleição realizada na Assembleia Geral da Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa) em Guadalajara (México).

  • AP

    Prefeito de Toronto, David Miller, discursa no dia da escolha da cidade como sede do Pan de 2015

"A cidade que assumirá a responsabilidade dos Jogos Panamericanos de 2015 é Toronto", anunciou o presidente da Odepa, Mario Vázquez Raña.

Na votação, Toronto obteve 33 votos, Lima (Peru) teve 11 e Bogotá (Colômbia) sete votos. Houve um voto nulo. Peru e Colômbia recorreram a nomes fortes para divulgar a candidatura dos respectivos países.

O ex-jogador colombiano Valderrama e o presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, pediram votos. Já o Peru foi representado por Alan García, presidente do país.

Toronto venceu na primeira bola, eliminando Bogotá e Lima. Desta forma, o Canadá sediará pela terceira vez um Pan-Americano - Winnipeg foi sede em 1967 e 1999.

Os Jogos Pan-Americanos de 2007 foram realizados na cidade do Rio de Janeiro, que também organizará os Jogos Olímpicos de 2016.

A edição de 2011 está marcada para acontecer em Guadalajara (México), apesar dos vários problemas enfrentados pela organização do evento.

Polêmica
A legitimidade da eleição de Toronto, no entanto, foi colocada em xeque pelos rivais. O prefeito de Bogotá, Samuel Moreno, assegurou que a candidatura só foi vitoriosa pelos presentes caros que a comitiva canadense deu aos delegados que participaram da votação.

"Digo isso pelo que vimos. O presente que trouxemos aos chefes do Comitê Olímpico foi um livro do escritor Gabriel García Márquez. Toronto, por sua vez, deu um Blackberry e é óbvio que isso influencia muito", disse Moreno, pouco depois do anúncio.

Já o presidente do Comitê Olímpico do Peru, José Quiñones,lamentou as regras da eleição. O dirigente destacou que Lima derrotou Bogotá e sugeriu que, em uma final com Toronto, os votos da cidade colombiana seriam transferidos para seu país e o desfecho seria outro.

Diante disso, o premier da província de Ontário, cuja capital é Toronto, Dalton McGuilty, não quis entrar em polêmica e adotou um discurso político, reconhecendo o alto nível das cidades adversárias. "Tenho certeza que foi uma decisão difícil para os eleitores. Foi uma honra estar na disputa com Lima e Bogotá e faremos o possível para estreitar a relação dessas comunidades em particular para que tenham um lugar especial nos Jogos de 2015", disse.

Os membros da delegação de Toronto lembraram que darão facilidades aos atletas da América Latina e mantiveram a proposta de oferecer acampamentos gratuitos no Canadá pelo período de um mês a 18 esportistas de cada país com o intuito de aumentar o nível competitivo dos Jogos.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host