! Governo dará a Paris 2,5 bilhões de euros para campanha olímpica - 02/11/2004 - EFE - Esporte

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


 


02/11/2004 - 10h09
Governo dará a Paris 2,5 bilhões de euros para campanha olímpica

Paris, 2 nov (EFE).- O primeiro-ministro da França, Jean-Pierre Raffarin, formalizou hoje, terça-feira, a concessão de "garantias do Estado" à candidatura de Paris para os Jogos Olímpicos de 2012, que suporão uma ajuda econômica de 2,5 bilhões de euros.

"Quero saudar Nova York, Londres, Madri, Moscou (as outras candidatas) e dizer que o Estado da República francesa apóia Paris", disse Raffarin no ato da assinatua, diante de vários campeões olímpicos franceses, como o judoca David Douillet e a ginasta Emilie Le Pennec.

Na cerimônia, realizada na sede da presidência do governo, também estavam presentes seis ministros, entre eles os de Assuntos Exteriores, Michel Barnier; o de Transportes, Gilles de Robien; e o de Esportes, Jean-François Lamour.

Raffarin destacou que a França, junto com as outras candidatas, "embarcou em uma espécie de Copa do Mundo para mostrar as atrações de seu território". Além disso, ressaltou que os franceses praticam o "espírito olímpico".

"O Estado se comprometeu com responsabilidade, com espírito de colaboração (com a Prefeitura de Paris e a região de Île-del-France), neste projeto federado para nosso país", disse, antes de anunciar que "as garantias do Estado" chegarão a 2,5 bilhões de euros.

Ao todo, a candidatura parisiense contará com um orçamento de cerca de 7 bilhões de euros, dos quais 2 bilhões serão destinados à organização dos Jogos e 5 bilhões a investimentos (vila olímpica e ginásios esportivos), segundo o ministro dos Esportes.

A Prefeitura de Paris, por sua vez, concederá à candidatura 1,270 bilhão de euros em "garantias", ao passo que o conselho regional de Île-del-France doará 1 bilhão de euros.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias