Topo

Esporte

Cacá Bueno é tricampeão da Stock Car em prova vencida por Burti em Tarumã

Duda Bairros/Divulgação
Cacá Bueno fica em terceiro na etapa de Tarumã e conquista o tricampeonato Imagem: Duda Bairros/Divulgação

Do UOL Esporte*

Em São Paulo

22/11/2009 11h45Atualizada em 22/11/2009 16h12

Sem precisar conquistar a sua segunda vitória na temporada, o carioca Cacá Bueno conquistou neste domingo o tricampeonato da Stock Car ao terminar na quarta colocação a etapa de Tarumã, em Viamão, no Rio Grande do Sul, com uma etapa de antecedência, em uma corrida que começou com uma polêmica.

RESULTADO DA ETAPA DE TARUMÃ (RS)

Piloto Tempo
1º - Luciano Burti 50min39s564, 38 voltas
2º - Popó Bueno a 2s078
3º - Cacá Bueno* a 3s185
4º - Marcos Gomes a 5s424
5º - Allam Khodair a 5s645
6º - Alceu Feldmann a 5s906
7º - Átila Abreu a 6s814
8º - Lico Kaeselmodel a 7s154
9º - Ricardo Sperafico a 7s938
10º - Max Wilson a 8s130

Após largar na pole position na prova que começou com o carro de segurança na pista, Cacá Bueno foi beneficiado com uma ultrapassagem de Ricardo Maurício, então vice-líder da competição, que largava em terceiro sobre o companheiro de Cacá, Daniel Serra. O incidente rendeu uma punição a Maurício, campeão do ano passado, que na oitava volta teve o pneu traseiro esquerdo estourado e abandonou.

Ao sair do carro, Ricardo Maurício foi à direção de prova fazer uma queixa contra Daniel Serra, que segundo ele teria feito uma manobra proposital para que Maurício fosse punido e beneficiar Cacá Bueno, que assim como Daniel, é da equipe Red Bull.

“Eu não ia chegar porque estourou meu pneu bem naquela volta, mas o Serrinha viu que eu ia ultrapassar ele e você não pode ultrapassar na faixa branca de largada. Eu quero pegar a telemetria minha, dele e do Cacá para ver o quanto que ele tirou o pé para eu passar, porque ele tirou o pé de má fé. Eu estava disputando o campeonato e ele favoreceu o Cacá”, reclamou Ricardo Maurício.

Com a sua saída, a situação para o título de Cacá Bueno ficou favorável e, mesmo após perder a liderança da corrida, ele passou a precisar apenas manter uma vantagem de 29 pontos para o segundo colocado para ficar com a taça.

Um acidente que chamou a atenção ocorreu com Giuliano Losacco na 27ª volta, quando o piloto quase capotou. E quando o carro de segurança ainda ia para a pista, foi a vez de Thiago Camilo, então na terceira posição entre os postulantes ao título, escapar da pista e ver encerradas as suas chances de conquista.

Luciano Burti, ex-piloto da Fórmula 1, decidiu utilizar uma estratégia diferente nos pit stops ao não trocar os pneus e acabou sendo beneficiado, herdando a liderança da prova para não perder mais e chegar à sua primeira vitória na Stock Car, seguido por Daniel Serra. Na última volta, Popó Bueno partiu para fazer uma ultrapassagem sobre o irmão e ficou com a terceira colocação na prova, o que não impediu o título de Cacá.

Depois da corrida, a direção de prova decidiu punir Daniel Serra pelo incidente em que se envolveu com Ricardo Maurício e Popó Bueno herdou a segunda posição, com Cacá Bueno subindo ao pódio com a terceira colocação. Companheiro de Cacá, Daniel ficou em 14º com a punição.

Cacá Bueno já havia sido campeão em 2006 e 2007, antes de ser derrotado na disputa do ano passado, quando Ricardo Maurício ficou com o título.

*Atualizado às 16h11

Mais Esporte