Topo

Esporte

Japonês de 19 anos é atropelado por motos e morre na Moto2

Jens Meyer
Japonês Shoya Tomizawa sofreu grave acidente em San Marino e morreu no hospital Imagem: Jens Meyer

Do UOL Esporte

Em São Paulo

05/09/2010 08h29

O espanhol Toni Elías venceu neste domingo sua quarta prova consecutiva, e a sexta da temporada na Moto2. Mas o GP de San Marino da categoria de acesso à MotoGP ficou marcada por um grave acidente, em que o japonês Shoya Tomizawa, de apenas 19 anos, foi atropelado por duas motos e acabou morrendo após ser levado ao hospital.

QUEDA E ATROPELAMENTO NA MOTO2

  • Reprodução

    Japonês sofre queda e é atropelado por duas motos

  • AFP

    Comissários de pista retiram o piloto após a queda

Vencedor da abertura do campeonato deste ano, ele não sobreviveu às graves lesões depois de ser levado em estado gravíssimo do circuito de Misano ao hospital de Riccione.

O japonês teve uma parada cardíaca durante o atendimento e teve de ser reanimado na pista. De acordo com o médico Claudio Macchiagodena, sofreu fraturas múltiplas no abdomen, no tórax e no crânio e "lutava pela vida".

A grave queda do piloto japonês aconteceu na 12ª volta, quando sua moto escorregou por sobre uma zebra e ele deslizou pelo asfalto. O acidente acabou envolvendo três motos, mas Tomizawa, que era quarto colocado, foi a maior vítima. Ele foi atingido pelas motos de Alex de Angelis e Scott Redding e, após ser atropelado, ficou estirado no asfalto.

Angelis foi o único a abandonar a pista andando, enquanto Redding e o japonês foram imediatamente levados ao hospital, com uma grande preocupação em relação a Tomizawa, que para piorar a situação teve a maca derrubada enquanto era levado pela ambulância.

Foi a primeira morte na MotoGP desde 2003, quando o também japonês Daijiro Kato sofreu acidente em Suzuka. O mundo do motociclismo teve outra morte no mês de agosto, em Indianápolis (EUA), quando a vítima foi um garoto de apenas 13 anos.

Elías não teve dificuldades para ficar com o triunfo, consolidando ainda mais sua liderança na categoria. Completaram o pódio Julian Simón, da Espanha, e Thomas Luthi, motociclista da Suíça.

Na classificação geral, Elías agora tem 211 pontos, com muita vantagem para o segundo colocado. Simón, vice-líder, aparece apenas com 128, com Luthi em terceiro, com 124.

  • Piloto japonês ainda teve a maca derrubada durante o atendimento, o que pode ter piorado a situação

O piloto

Shoya Tomizawa nasceu em Chiba, no Japão, e começou muito cedo no mundo das duas rodas, com apenas três anos de idade, em 1994. Já nas 125cc no Japão, foi vice-campeão da temporada 2006, como novato do ano.

A campanha o levou mais à frente, em 2008, a correr nas 250cc do Mundial de motovelocidade. O ano seguinte foi o seu primeiro completo no campeonato, concluindo na 17ª posição. Neste ano, ocupava a sétima colocação, tendo inclusive vencido a etapa de abertura da Moto2, pela Suter, no Qatar.
 

*Atualizada às 09h28

Mais Esporte