Esporte

Ex-piloto de Indy é condenado a 25 anos por abuso sexual e pedofilia

Divulgação
Jon Herb competiu na Indy entre 2000 e 2007 Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

06/01/2016 10h12

O norte-americano Jon Herb, piloto que teve passagem discreta pela Fórmula Indy entre 2000 e 2007, foi condenado nesta terça-feira a 25 anos de prisão.

Herb era acusado de envolvimento em casos de abuso sexual infantil, incluindo material pornográfico de crianças. O piloto estava detido desde outubro de 2013 depois de ter um laptop aprendido contendo fotos de conteúdo erótico.

Aos 45 anos, Herb descartou a alegação de insanidade na defesa, de acordo com o jornal Naples Daily News. A possibilidade havia sido especulada por Jerry Berry, advogado do piloto. O caso deve ir a novo julgamento ainda neste mês.

Herb disputou 18 provas na Indy entre 2000 e 2007, tendo como melhor resultado o nono lugar na segunda etapa de Fort Worth. Ele tentou a classificação para quatro edições das 500 Milhas de Indianápolis, mas só consegui largar em duas (2001 e 2007), abandonando ambas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo