Esporte

Campeão da Moto GP morre uma semana após atropelamento

AP Photo/Bernat Armangue
Imagem: AP Photo/Bernat Armangue

Do UOL, em São Paulo

22/05/2017 12h55Atualizada em 22/05/2017 15h14

Atropelado enquanto andava de bicicleta, o piloto Nicky Hayden morreu nesta segunda-feira (22). A confirmação da morte foi feita pelo hospital Maurizio Bufalini, onde o norte-americano estava hospitalizado, e replicada por diversos jornais internacionais.

“A equipe médica confirma a morte do paciente Nicky Patrick Hayden, internado desde quarta-feira, 17 de maio, na UTI do Hospital Bufalini, em Cesena, resultado de múltiplas lesões que aconteceram nesta data”, diz o comunicado do hospital.

Hayden foi atropelado na última quarta-feira (17). Atualmente pilotando na Superbikes, Hayden estava com um grupo de ciclistas quando foi atingido por um veículo. A colisão o fez cair sobre o capô, quebrando o para-brisas do carro. Depois, acabou caindo no asfalto.

Hayden sofreu graves politraumatismos na cabeça e lesões no peito. Depois de receber atendimento no local do atropelamento, o piloto foi encaminhado para uma emergência na região. Em seguida, foi levado para o Hospital Maurizio Bufalini, em Cesena.

As notícias sobre uma possível morte de Hayden começaram a surgir no último sábado. O pai do piloto, Earl Hayden, precisou dar uma entrevista ao site “Road Racing World” para desmentir o fato. O patriarca da família não estava com o filho na Itália por causa de um problema de saúde.

O motorista que atropelou Hayden se manifestou pela primeira vez na última sexta-feira. Em entrevista ao jornal italiano “Il Resto del Carlino”, o condutor se disse “destroçado”.

“Eu estava indo para o trabalho, e logo ele apareceu de forma inesperada. Eu sinto muito, sinto muito”, afirmou o motorista, que não teve seu nome revelado.

A Procuradoria abriu uma investigação sobre o caso. Os primeiros exames, no entanto, não apontaram a presença de álcool no sangue do motorista. De acordo com a publicação, ainda restam os resultados dos exames toxicológicos, que devem ser revelados nas próximas semanas.

Por meio de uma nota oficial, o irmão de Nicky, Tommy Hayden, agradeceu o apoio recebido durante o momento em que o piloto ficou no hospital. Tommy afirmou, também, que espera que o corpo de Nicky seja levado em breve para os Estados Unidos, país em que o piloto nasceu.

“Em nome de toda a família Hayden e da noiva de Nicky, Jackie, gostaria de agradecer a todas as mensagens de apoio, elas têm sido de grande conforto para nós por saber que Nicky influenciou tantas pessoas de maneira positiva.

Embora seja um momento difícil, gostaríamos que todos lembrassem de Nicky em seus momentos mais felizes: andando de moto. Ele sonhou desde criança em ser um piloto profissional e não só conquistou esse objetivo como caminhou para ser campeão mundial. Estamos todos muito orgulhosos disso.

Além dessas memórias ‘públicas’, também nos recordaremos dos momentos felizes de Nicky em sua casa, em Kentucky, no coração da família. Todos nós sentiremos terrivelmente sua falta.

É importante para nós, também, agradecer a toda equipe do hospital pelo incrível suporte, eles foram muito gentis. Com o apoio das autoridades, esperamos ter Nicky em casa em breve”.

Hayden participou da Moto GP entre 2003 e 2016. O norte-americano conquistou o título em 2006, quando estava na equipe Repsol Honda.

Reações do mundo do automobilismo

Tão logo confirmada a morte de Hayden, alguns pilotos se manifestaram nas redes sociais. Os brasileiros Felipe Massa (Fórmula 1) e Tony Kanaan (Fórmula Indy) lamentaram o ocorrido com o norte-americano.

“Muita força a sua família, Nicky Hayde. Dia muito triste para o esporte”, escreveu Massa.

“Meus pensamentos e orações estão com sua família, Nicky Hayden”, escreveu Kanaan.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo