Topo

Esporte

Ex-piloto da Ferrari é preso depois de tentar atropelar policiais no PR

Divulgação
Imagem: Divulgação

Wanderley Preite Sobrinho

Colaboração para o UOL

14/11/2017 15h04

O ex-piloto da Ferrari Jaime Melo Jr, de 37 anos, foi preso na madrugada desta terça-feira (14) em Cascavel, oeste do Paraná. Ele é acusado de tentar atropelar um grupo de policiais militares depois de se recusar a parar o veículo, que dirigia em alta velocidade.

A Polícia Militar da cidade confirmou ao UOL que Melo Jr guiava seu HB20 branco acima da velocidade permitida quando uma viatura da polícia pediu que ele encostasse, entre 1h e 2h da manhã. O motorista desviou pela contramão e ainda tentou atropelar os policiais antes de fugir.

O homem só foi detido quando chegou em casa, no bairro Canadá. “Ele bateu em alguns carros ao entrar no condomínio”, informou a PM. Com sinais de embriaguez e latas de cerveja espalhadas pelo carro, Melo Jr se recusou a passar pelo teste do bafômetro.

Ao chegar no 6º Batalhão, o piloto admitiu que sua carteira de habilitação está suspensa desde 2013. Naquele ano, ele também foi preso por dirigir sem habilitação e tentar fugir da polícia.

Desta vez, ele foi encaminhado para o Fórum, onde assinou um termo circunstanciado por direção perigosa, desobediência e resistência.

Melo Jr, que fez parte da equipe Ferrari, chegou a vencer pela escuderia as 24 Horas de Le Mans, na França, uma das provas mais prestigiadas do automobilismo. Sua especialidade são as corridas de longa duração, muito tradicionais na Europa.

O piloto chegou a ser testado para guiar na Fórmula 1 no início dos anos 2000, mas terminou sua carreira profissional em 2014 na Stock Car.

O UOL entrou em contato com o piloto, mas não recebeu resposta até o fechamento da reportagem

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte