Topo

Vôlei

Em processo, Pirv acusa Giba de dever R$ 82 mil de pensão; atleta contesta

AFP PHOTO/Orlando KISSNER
Giba e a romena Cristina Pirv tiveram dois filhos Imagem: AFP PHOTO/Orlando KISSNER

Bruno Thadeu

Do UOL, em São Paulo

21/02/2018 11h14

O UOL Esporte teve acesso ao processo da disputa judicial que Giba trava contra sua ex-mulher Pirv. À Justiça do Paraná, a romena informa que o ex-ponteiro deve R$ 82.258,68 em pensões alimentícias aos dois filhos. Giba teve prisão decretada em 9 de fevereiro, mas uma liminar em 16 de fevereiro, na qual o ex-jogador contestou o valor da pensão, impediu que ele fosse detido.  

Pirv entrou com recurso no começo da semana para derrubar a liminar que suspende a prisão de Giba.

O documento que o UOL Esporte teve acesso mostra que em outubro de 2013, a Justiça estabeleceu o valor de R$ 10 mil mensais para pensão das duas crianças, frutos do relacionamento com Pirv. Com correções (pelo índice INPC), o valor mensal subiu para R$ 12.730,95 por mês no ano de 2017. Para 2018, o valor é de R$ 12.993,20.

No processo, a romena detalha os pagamentos que Giba fez ao longo dos últimos meses.

Em janeiro, Pirv afirma que Giba pagou R$ 2.000 dos R$ 12.993 previstos. Nos meses de julho, novembro e dezembro do ano passado, o ex-jogador teria depositado R$ 5.000 por mês (de R$ 12.730 previstos). Já em agosto, Giba teria pago R$ 10 mil, enquanto em maio de 2017 o valor foi de R$ 9.769,05.

Segundo os advogados da romena, Giba não teria depositado nenhum centavo da pensão em junho, setembro e outubro de 2017. 

Desembargadora questionou gastos de Giba

No pedido de prisão contra Giba expedido no dia 9, a desembargadora Lenice Bodstein levantou alguns gastos de Giba para questionar a dificuldade no pagamento das pensões.

A relatora informa no processo que o ex-jogador gasta aproximadamente R$ 1.000 com fatura de celular. Com aluguel e condomínio, Giba tem gasto de R$ 13.292.

Giba conseguiu liminar contestando valores da pensão

No pedido de liminar, que foi concedido a seu favor, Giba contestava os valores estabelecidos para pensão. O ex-jogador de vôlei pediu para que o valor fosse revisto, dizendo que já não tem rendimentos da época de atleta profissional. Giba informou que teria condições de pagar a quantia de R$ 6 mil por mês.

Em sua defesa, Giba diz que seu contrato de prestação de serviços para a Rede Globo foi encerrado em 10 de agosto de 2016. Ele informa na ação que recebia R$ 13 mil por mês da emissora carioca.

Além disso, o ex-ponteiro alega que houve queda na quantidade de palestras.

Paralelamente aos valores de pensão, Giba diz à Justiça que havia conseguido com uma instituição de ensino bolsas integrais para os dois filhos. Em troca, Giba faria comerciais para o colégio. As crianças permaneceram em outra escola, onde já estavam ambientadas.

Pirv e Giba trocam farpas em comunicados

Depois da divulgação do pedido de prisão temporária e da liminar concedida a Giba pelo UOL Esporte, o campeão olímpico e sua ex-mulher trocaram farpas através de declarações oficiais para comentar a batalha jurídica. Giba emitiu um comunicado, em que contesta os valores ordenados pela Justiça. Ele diz fazer o melhor para os filhos.

Em texto nas redes sociais, Cristina Pirv utilizou sua conta no Instagram para dizer que o ex-marido mentiu em seu comunicado, e afirmou que Giba já deixou de pagar a pensão dos filhos em diversos meses, e em outros, paga apenas 20% do valor estipulado.

Pirv, que também é ex-jogadora de vôlei, afirmou que pode comprovar suas declarações. "A falta de responsabilidade com as crianças é o que mais me deixa chocada."

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!