Topo

Vôlei


Apática, Cimed é surpreendida por time iraniano na estreia no Mundial

Do UOL Esporte

Em São Paulo

03/11/2009 16h57

A Cimed embarcou para Doha, no Qatar, com grande expectativa em relação à nova regra – que restringe o primeiro ataque ao fundo da quadra. O clube catarinense teve duas semanas e meia para treinar e esperava usar a determinação a seu favor no Mundial de Clubes masculino de vôlei. No entanto, os atuais campeões sul-americanos esbarraram na novidade, fizeram um jogo abaixo do esperado e foram surpreendidos pelo jovem time iraniano do Payakan e perderam a estreia por 3 a 1 (15-25, 28-26, 25-21 e 25-22), nesta terça-feira.

Os comandados de Marcos Pacheco tentaram superar a Golden Formula com largadinhas, bolas de segunda e potentes ataques atrás da linha dos três metros. Porém, a nova regra deixou o ataque catarinense previsível e os iranianos souberam tirar proveito da situação.

A regra, testada pela primeira vez pela FIVB, determina que o primeiro ataque após a recepção do saque seja feito do fundo – os contra-ataques e as bolas de segunda seguem sem restrições.

Embora a determinação tenha tirado uma das principais armas da Cimed, o ataque em velocidade pelo meio, a equipe brasileira teve desempenho abaixo do que o normal nesta terça-feira. O saque não encaixou bem, o passe nem sempre chegou na mão do levantador Bruninho e o bloqueio não conseguiu parar o inspirado oposto do Payakan, Kazem Mohammad, maior pontuador do jogo com 25 pontos.

“Foi uma péssima estreia. Jogamos muito mal. Sabíamos que ia ser complicado pela nova regra. Temos o jogo de velocidade pelo meio-de-rede muito forte e tirar isso da nossa equipe seria complicado. Amanhã espero que a equipe faça outro jogo. Hoje não funcionou. Nosso saque não entrou, o bloqueio, que foi ponto forte, não funcionou”, afirmou o gerente de marketing esportivo da Cimed, Renan Dal Zotto, ao Sportv.

A Cimed venceu o primeiro set por 25-15. Após dominar a segunda parcial (15-10), os brasileiros sofreram a virada e viram o Payakan dominar as parciais e fechar em 28-26, 25-21 e 25-22. O time catarinense volta à quadra nesta quarta-feira, às 13h contra o anfitrião Al-Arabi, do Qatar.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!