Topo

Vôlei

Brasileiro Murilo é eleito o melhor jogador da Liga; Mario Jr. fatura prêmio

AFP/Juan Mabromata
Murilo encara o bloqueio do russo Muserskiy na final da Liga. Ponteiro foi eleito o MVP do campeonato Imagem: AFP/Juan Mabromata

Do UOL Esporte

Em São Paulo*

25/07/2010 23h51

Como se não bastasse conquistar seu nono título em Ligas Mundiais, neste domingo, após vencer a Rússia por 3 sets a 1 na grande final, o Brasil viu dois de seus jogadores entrarem para a lista de premiações individuais da competição.

O grande destaque foi o ponteiro Murilo. O gaúcho de 29 anos foi eleito o melhor atleta da competição, o chamado MVP. Ligeiramente ofuscado por Dante na fase final disputada em Córdoba, embora tenha tido a segunda melhor recepção e o quinto melhor saque, Murilo mostrou maturidade e foi o principal jogador do time na fase intercontinental da Liga. Com Giba na reserva, acumulou ainda a função de capitão em quadra e jamais decepcionou.

“Sempre é surpresa. Primeira vez que recebo título desta grandeza. A vitória já tinha sido muito benvinda e mais uma vez pela nossa superação”, disse Murilo ao canal Sportv. "Nunca tive a oportunidade, mas queria dedicar o título para o meu pai. Ele fez 60 anos e é responsável por eu estar aqui. Ele e toda a minha família. Pai, te amo. Jaqueline, te amo muito, mas este prêmio é para ele", completou o ponteiro.

O Brasil ainda colocou na lista de premiados o novato Mario Jr, que teve a chance de disputar uma Liga Mundial pela primeira vez como titular em razão de uma grave lesão nas costas de Escadinha. Sem o veterano, vencedor desta categoria e MVP em 2009, Mario Jr deu conta do recado e ainda teve a melhor recepção das finais.

Vice-campeã, a Rússia três de seus jogadores serem premirados: Mikhaylov, como melhor atacante e maior pontuador, Muserskiy, como melhor bloqueador, e Grankin, melhor levantador. O cubano Leal ficou com o prêmio de melhor saque, embora o troféu tenha sido recebido pelo capitão Simon.

Cada um dos títulos individuais por fundamento rendeu mais US$ 10 mil aos vencedores. O prêmio de maior pontuador enriqueceu Mikhaylov em US$ 20 mil. Já a grande premiação de Murilo valeu US$ 30 mil. Campeão da Liga, o Brasil, mais precisamente a CBV, engordou seus cofres em US$ 1 milhão.

*Atualizada à 0h11

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!