Topo

Vôlei


Sollys/Nestlé faz 3 a 0 e busca título inédito no Mundial de Clubes contra algozes de brasileiras

FIVB/Divulgação
Jaqueline encontra paralela em vitória do Sollys na semifinal do Mundial de Clubes Imagem: FIVB/Divulgação

Do UOL, em São Paulo*

2012-10-18T07:05:14

18/10/2012 07h05

O Sollys/Nestlé não teve dificuldades para confirmar o favoritismo contra o Lancheras de Cataño, de Porto Rico, e está na decisão do Mundial de Clubes. Na madrugada desta quinta-feira, a equipe comandada por Luizomar de Moura precisou de apenas 1h05 para alcançar a terceira vitória no torneio, por 3 a 0 (parciais de 25-15, 25-13 e 25-15). Na final, a equipe enfrenta o Rabita Baku, do Azerbaijão, que derrotou o Fenerbahce, de Paula Pequeno e Mari.

O primeiro set foi equilibrado até o 9/8 para a equipe brasileira. Com o bloqueio funcionando, o Sollys rapidamente abriu 14/10 e não permitiu reação, fechando em um ataque de Mariel Medina na rede. Nas parciais seguintes, o Sollys já tinha grande vantagem logo no primeiro tempo técnico (8-3 no segundo set e 8-2 no terceiro) e apenas precisaram confirmar a vitória tranquila.

A meio de rede Thaísa foi a maior pontuadora do jogo e, com dois aces e dois bloqueios, somou 10 pontos no jogo. Adenizia (9), Sheilla (8) e Jaqueline (7) também mostraram poder ofensivo na distribuição de jogadas de Fabíola.

Nesta sexta-feira, o Sollys busca título inédito da competição. A equipe ficou na terceira posição em 2011 e foi vice-campeã em 2010.

TIME DE PAULA PEQUENO E MARI CAI

  • A segunda semifinal do Mundial de Clubes em Doha teve derrota de brasileiras. O time turco Fenerbahce, que conta com Paula Pequeno e Mari, não resistiu ao Rabita Baku, do Azerbaijão, e perdeu por 3 seys a 0 (parciais de 25-18, 25-20 e 25-16).

    Apesar dos 14 pontos de Paula Pequeno e dos 8 de Mari, o Fenerbahce não conseguiu parar a colombiana Madelaynne Montaño, que somou quase um set sozinha, com 22 pontos.

    A equipe do Azerbaijão é a atual campeã do torneio e busca revanche diante do Solly. Na fase de grupos, o time brasileiro levou a melhor de virada, por 3 sets a 1 (22-25, 25-20, 25-19 e 25-20), na última segunda-feira.

*Atualizado às 13h30.