Topo

Vôlei

Sesi supera 'vergonha' da briga no 1º jogo, vira série contra o Campinas e é tri paulista

Everton Amaro/Divulgação
Jogadores, comissão técnica e dirigentes do Sesi comemoram o tricampeonato paulista Imagem: Everton Amaro/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

23/10/2012 11h16

A quente série final do Campeonato Paulista masculino de vôlei terminou nesta segunda-feira. Depois de o Medley/Campinas vencer o primeiro jogo, em que dois atletas do Sesi foram expulsos, o time da capital passeou na segunda partida e, ontem, voltou a dar aula. Com uma vitória indiscutível por 3 sets a 0 (25-19, 25-17 e 25-17) em apenas 1h15, os comandados de Giovane Gávio conquistaram o tricampeonato estadual, em quatro edições que o clube disputou.

Liderado pelo oposto Lorena, que fez 16 pontos e foi o grande destaque da partida, o Sesi não deu a mínima chance ao Campinas durante todo o jogo, liderando o placar de ponta a ponta. Além de uma atuação de gala de seus jogadores, o time de São Paulo ainda se aproveitou da noite pouco inspirada dos atletas da equipe do interior, conforme admitiu o próprio técnico Marcos Pacheco.

“Poderíamos ter feito melhor, mas nosso saque não entrou. Alguns jogadores da nossa equipe não fizeram a diferença. Não conseguimos manter o mesmo padrão, e por isso perdemos”, analisou o treinador do Campinas.

Do outro lado, Giovane Gávio fez questão de ressaltar a superação de seus atletas, que não só tiveram de virar a série melhor de três como ainda precisaram superar a confusão generalizada do primeiro jogo, que culminou nas exclusões de Lorena e Leozão e nas punições com multa dos dois jogadores mais Sidão e Cleber.

“Nosso time é isso e não aquele do primeiro jogo. Todos ficaram chateados com os problemas fora da quadra e isso motivou todos a mostrar que o time sabe jogar”, afirmou o ex-jogador e hoje técnico, falando ainda em vergonha pela primeira partida. “É um time que acabou crescendo, se juntou muito depois da confusão. Nós ficamos envergonhados com aquilo. Nosso time é de vôlei, e só jogamos vôlei”.

Encerrado o Campeonato Paulista, Sesi e Campinas direcionam seus treinamentos agora para a Superliga 2012/2013. O time paulistano estreia no dia 24 de novembro contra o São Bernardo, fora de casa. O Campinas, por sua vez, inicia jornada jogando em seus domínios, no dia 25, contra o Vôlei Futuro.